Sorocaba derrota Lusa de virada no Canindé

O Atlético de Sorocaba conquistou sua primeira vitória no Campeonato Paulista, neste domingo, ao vencer a Portuguesa de Desportos de virada, por 3 a 2, no Canindé. Agora, o time do Reverendo Moon está com quatro pontos ganhos e ocupa a quinta colocação na tabela de classificação do Grupo 1. Já a Portuguesa se mantém na penúltima colocação, com apenas um ponto somado. Os dois times voltam a campo no próximo domingo, dia 8, às 16 horas. A Lusa enfrenta o Corinthians no Pacaembu, já o Atlético recebe a Portuguesa Santista em Sorocaba.O Atlético começou surpreendendo a Lusa, avançando ao ataque com Luciano Henrique e Dinei, apoiados pelo meia Luizinho Vieira. Mas quem abriu o placar foi a Portuguesa. Aos 33 minutos do primeiro tempo, Marquinhos cobrou escanteio para a cabeçada certeira de Luciano Santos ao gol. O Sorocaba não se aquietou com o placar adverso. Aos 46 minutos, Dinei recebeu lançamento da direita e concluiu com a perna esquerda, após a bola passar de frente para o gol. Foi o empate do Atlético.Na segunda etapa, o time de Sorocaba voltou ao primeiro tempo como terminou o segundo: no ataque. Logo aos três minutos, o meia Luizinho Vieira, com a pontaria em dia, cobrou falta e virou o jogo para o Atlético. O jogo, que parecia fácil para a Lusa, começava a se complicar ainda mais. O estreante Agnaldo decepcionava a torcida: isolado na frente.A pressão da Lusa não rendia e a derrota em casa poderia decretar a queda do técnico Daryo Pereira. Mas Luciano Santos, que havia entrado no lugar de Danilo , teve uma bela atuação. Aos 43 minutos, ele foi derrubado na área por Márcio Rocha, pênalti anotado pelo árbitro Romildo Correia. Paulo Isidoro bateu forte na bola e igualou o placar.Quando a partida se encaminhava para o final e a torcida da Lusa se contentava com o empate, veio o duro golpe. O atacante Luciano Henrique arranca com a bola, dribla o zagueiro Alex Oliveira com a perna direita e ajeita para o chute de perna esquerda, decretando a vitória do time sorocabano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.