Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Sorteio da Copa América 2019: onde assistir, como será feito e potes

Seleção brasileira será cabeça de chave do Grupo A e definição dos grupos acontece nesta quinta-feira, às 20h30, no Rio de Janeiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

18 Janeiro 2019 | 15h26
Atualizado 24 Janeiro 2019 | 15h44

O sorteio para a Copa América será realizado nesta quinta-feira, às 20h30, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro e o evento é organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol.  (Conmebol). O torneio acontecerá no Brasil de 14 de junho a 7 de julho deste ano. A seleção brasileira, do técnico Tite,  será cabeça de chave do Grupo A. Veja informações sobre como comprar ingressos para a competição.

O evento será transmitido pelo canal SporTV. O sorteio será apresentado por Fernanda Gentil e Tadeu Schmidt, ambos da TV Globo. O evento também terá a participação de alguns nomes conhecidos, como Ronaldinho Gaúcho, Cafu e Marta. 

Cabeças de chave da Copa América 2019

O Brasil, país anfitrião, é um dos cabeças de chave e ficará na posição A1, com a bola de cor diferente no pote 1. Ao lado dele estarão Uruguai e Argentina, que serão sorteados para os Grupos B e C (sempre na posição 1 destas chaves).

Qual será a ordem do sorteio?

Logo após o sorteio dos cabeças de chave (posições B1 e C1), serão definidos os países que formarão cada chave e as suas respectivas posições dentro de cada grupo. As bolas dos potes 2, 3 e 4 terão as seleções participantes, enquanto que os potes A, B e C corresponderão às posições nos grupos.

Potes da Copa América 2019

Colômbia, Chile e Peru estão no pote 2; Venezuela, Paraguai e Japão ficarão no pote 3; enquanto que o pote 4 terá Equador, Bolívia e Catar. Mesmo em potes diferentes, japoneses e catarianos, como seleções convidadas, não podem ficar em um mesmo grupo.

A competição será disputada por 12 seleções - as 10 da América do Sul, mais o Japão e o Catar como convidados -, que serão divididas em três grupos com quatro cada. O sorteio terá quatro potes com três países cada e o ranking da Fifa de dezembro de 2018 serviu de base para a definição dos cabeças de chave e determinou a divisão das equipes.

Em sua 46.ª edição, a Copa América retorna ao Brasil depois de 30 anos e será disputada em cinco cidades (Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo). O Uruguai é o maior vencedor da história com 15 títulos, seguido pela Argentina com 14. A seleção brasileira já foi campeã por oito vezes, sendo a última em 2007. O Chile é o atual detentor da taça.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.