Pierre Philippe/AFP
Pierre Philippe/AFP

Guia do sorteio da Liga dos Campeões: veja potes, datas e clubes

Definição dos grupos da principal competição da Europa ocorre nesta quinta-feira

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2019 | 04h30
Atualizado 29 de agosto de 2019 | 14h15

O sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa 2019/20 será realizado nesta quinta-feira, a partir das 13h (de Brasília), em Mônaco. Atual campeão, o Liverpool está no pote 1 ao lado do Chelsea, que faturou a Liga Europa, e dos campeões nacionais dos outros seis países melhores ranqueados pela Uefa. A final da competição ocorrerá no dia 30 de maio de 2020, em Istambul, na Turquia. O Estado faz uma apresentação do sorteio e de suas regras.

O Liverpool, da cidade dos Beatles, é o representante da Europa no Mundial de Clubes da Fifa desta temporada. O representante da América do Sul vem da Libertadores. Flamengo, Grêmio e Boca Juniors estão no páreo. Todos eles se classificaram para a semifinal da competição. O outro participante sai do jogo desta quinta entre River Plate e Cerro Porteño.

ONDE ASSISTIR

O evento desta quinta-feira será transmitido pelo canal TNT, além do site da Uefa e do Facebook do Esporte Interativo.

OS POTES

  • Pote 1: Liverpool (ING, atual campeão), Chelsea (ING, campeão da Liga Europa), Barcelona (ESP), Manchester City (ENG), Juventus (ITA), Bayern de Munique (ALE), Paris Saint-Germain (FRA) e Zenit (RUS).
  • Pote 2: Real Madrid (ESP), Atlético de Madrid (ESP), Borussia Dortmund (ALE), Napoli (ITA), Shakhtar Donetsk (UCR), Tottenham (ING), Ajax (HOL) e Benfica (POR).
  • Pote 3: Lyon (FRA), Bayer Leverkusen (ALE), Salzburg (AUT), Valencia (ESP), Inter de Milão (ITA) e Dínamo Zagreb (UCR), Olympiacos (GRE) e Club Brugge (BEL).
  • Pote 4: Lokomotiv de Moscou (RUS), Galatasaray (TUR), RB Leipzig (ALE), Atalanta (ITA), Lille (FRA), Estrela Vermelha (SER), Slavia Praga (RCH) e Genk (BEL).

COMO SERÁ FEITO O SORTEIO?

Cada pote terá as bolinhas com o nome de cada time classificado. Uma equipe não pode cair em um grupo que já tenha outro time do mesmo país. Além disso, com base em decisões tomadas pelo Comitê Executivo da Uefa, os clubes da Rússia e da Ucrânia não serão sorteados no mesmo grupo. Para evitar dois jogos por dia em um mesmo país, haverá o emparelhamento na hora do sorteio. Ou seja, se um time inglês cair no A, B, C ou D, uma outra equipe do mesmo país será alocada no grupo E, F, G ou H.

POR QUE O ZENIT É CABEÇA DE CHAVE?

A principal surpresa nesta edição é o Zenit, da Rússia, estar no pote 1. Os 26 times que se classificaram diretamente para a fase de grupos recebem a companhia dos seis vencedores dos playoffs. Os coeficientes dos clubes, que determinaram os potes, são determinados pela soma de todos os pontos conquistados nos últimos cinco anos ou pelo coeficiente de sua federação nesse mesmo período - o que for maior. Esse sistema foi introduzido a partir da edição passada.

CALENDÁRIO DO TORNEIO:

  • 17 e 18 de setembro: primeira rodada da fase de grupos
  • 1 e 2 de outubro: segunda primeira rodada da fase de grupos
  • 22 e 23 de outubro: terceira rodada da fase de grupos
  • 5 e 6 de novembro: quarta rodada da fase de grupos
  • 26 e 27 de novembro: quinta rodada da fase de grupos
  • 10 e 11 de dezembro: sexta rodada da fase de grupos
  • 16 de dezembro: sorteio das oitavas de final
  • 18, 19, 25 e 26 de fevereiro: ida das oitavas de final
  • 10, 11, 17 e 18 de março: volta das oitavas de final
  • 20 de março: sorteio das quartas e semifinais
  • 7 e 8 de abril: ida das quartas de final
  • 14 e 15 de abril: volta das quartas de final
  • 28 e 29 de abril: ida das semifinais
  • 5 e 6 de maio: volta das semifinais
  • 30 de maio: final

INGLESES EM ALTA

Graças às condições de cabeças de chave, Liverpool (atual campeão), Chelsea (campeão da Liga Europa) e Manchester City (campeão inglês) podem esperar um sorteio mais tranquilo. Isso lhes garante não encarar na fase de grupos outros gigantes como Barcelona, Juventus, Paris Saint-Germain ou Bayern de Munique, nem o Tottenham, já que clubes do mesmo país não podem cair no mesmo grupo. Com esse cenário, não se pode descartar uma avalanche inglesa nas oitavas de final. Chelsea, embora não tenha se reforçado devido a punições da Fifa, Liverpool e Manchester City são favoritos a ir longe na competição, assim como o Tottenham.

ESPANHA QUER RETOMAR A COROA

Diante do poderio inglês, os espanhóis sonham em retomar a coroa perdida. É o caso principalmente do Real Madrid, campeão de três das últimas quatro edições da Liga dos Campeões e que trouxe de volta o técnico Zinedine Zidane para alcançar esse objetivo, gastando mais de 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão) em reforços para esta temporada. "O futebol espanhol sempre tem seu espaço", garantiu Zidane, negando a ideia de que um fim de ciclo para os clubes da La Liga.

Assim como o Real, o Atlético de Madrid também caiu nas oitavas de final da Liga dos Campeões na temporada passada. E, como o rival merengue, o Atlético não poupou gastos, trazendo a joia portuguesa João Félix por 126 milhões de euros (R$ 582 milhões). Como os dois clubes madrilenhos estão no pote 2 do sorteio, são boas as chances de um dos dois fazer parte do grupo da morte da competição nesta temporada. O Barcelona, atual campeão espanhol e membro do pote 1 do sorteio, também se reforçou para a nova temporada ao trazer o atacante francês Antoine Griezmann e espera pelo fim da novela Neymar. O objetivo de Messi e companhia é claro: reconquistar a Liga dos Campeões e apagar a humilhante derrota nas semifinais no ano passado, quando levou um dura virada do Liverpool.

JUVENTUS, BAYERN E PSG NA CAÇA

A Juventus, finalista em 2015 e 2017 e eliminada nas quartas de final na temporada passada, confia em Cristiano Ronaldo, artilheiro histórico da competição. O astro português sonha em erguer a 'Taça Orelhuda' com um terceiro clube diferente, depois de realizar o feito com Manchester United e Real Madrid. O tradicional Bayern de Munique também almeja o título, apesar de saber que seu menor investimento em relação aos outros gigantes dificulta a missão. A aposta é em Philippe Coutinho. O último dos grandes favoritos é o Paris Saint-Germain. O clube francês, porém, sabe que precisará primeira resolver a novela Neymar, que tem um pé no Barcelona, antes de poder focar de vez no sonho de conquistar pela primeira vez a Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.