Petr David Josek/AP
Petr David Josek/AP

Southgate minimiza 1ª derrota da Inglaterra na Copa e elogia jogadores

Ingleses se classificaram na segunda posição do Grupo G com revés por 1 a 0 para a Bélgica

Estadão Conteúdo

28 Junho 2018 | 18h22

O técnico Gareth Southgate minimizou a primeira derrota sofrida pela Inglaterra nesta Copa do Mundo. Ele preferiu elogiar o esforço dos seus jogadores, quase todos reservas, no revés para a Bélgica por 1 a 0, na rodada final do Grupo G do Mundial da Rússia.

+ Saiba quais são os jogos e horários das oitavas de final da Copa do Mundo

+ Mais forte, lado da chave do Brasil soma 10 títulos mundiais e tem 4 campeões

"Não gostamos de perder, mas nesta noite havia outros fatores que eram mais importantes", disse o treinador, referindo-se aos jogadores poupados para a fase de mata-mata. Ingleses e belgas entraram em campo já classificados, nesta quinta. E o rival também usou a estratégia de poupar quase todos os seus titulares.

"Sabemos a força do nosso time titular. E o que nos agradece é que tivemos jogadores que realmente se esforçaram neste jogo", comentou o técnico, que evitou analisar o efeito da derrota sobre a confiança do seu time. "Não vamos sofrer por esta derrota. Mas o que ela significa para a sequência da Copa nós não sabemos ainda."

 

Na sua avaliação, o jogo foi equilibrado, um "bom teste" para a sua seleção. "Acho que foi um duelo parelho. Acho que eles tiveram melhor controle da bola. Foi um bom teste para nós. Queríamos ganhar, mas o duelo das oitavas de final é o grande jogo da década para nós. Então, temos que garantir que nossos melhores jogadores estejam bem."

O resultado desta quinta levou a Inglaterra para o segundo lugar do Grupo G da Copa, com seis pontos. Com a posição, o time inglês foi direcionado para o lado, em tese, mais fraco da chave do mata-mata. Nas oitavas de final, o adversário será a Colômbia, às 15 horas (de Brasília) de terça-feira, no Spartak Stadium, em Moscou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.