Souza associa evolução no Palmeiras a empréstimos

De dispensável a fundamental na equipe titular do Palmeiras. Depois de três anos seguidos sendo emprestado, Souza voltou para o Palestra Itália nesta temporada e tem vaga cativa entre os titulares do técnico Kleina. O jogador é nome certo no meio-campo alviverde, seja como volante ou como meia.

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2013 | 20h25

"Eu sou um volante, mas hoje eu tenho a liberdade de jogar como um meia e voltar para marcar. O Gilson (Kleina) me deu essa liberdade. Estou treinando para me firmar como titular, as minhas atuações demonstram isso. A posição que me escalarem, eu vou ajudar. O importante é jogar", destacou o jogador, nesta quinta-feira.

Na análise de Souza, os empréstimos para Ponte Preta, São Caetano e Náutico, nos últimos três anos, lhe deram a experiência necessária para comandar o meio-campo do Palmeiras nesta temporada difícil, em que o clube terá que jogar a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

"Eu adquiri mais experiência enquanto eu estive emprestado. Na época eu não entendi, mas hoje vejo que foi fundamental para eu voltar muito mais experiente. Nas outras equipes, eu tive mais liberdade para jogar", disse o jogador, que associa o seu bom começou em 2013 a uma pré-temporada "muito forte".

O volante acha que a equipe está evoluindo na temporada e chegará bem ao confronto de quinta-feira, contra o Libertad, no Paraguai. "A gente está com o time mais entrosado, mostramos isso no clássico contra o Corinthians. A tendência é melhorarmos ainda mais até a próxima partida da Libertadores."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.