Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Souza é oficializado e já pode estrear no São Paulo

Volante, que tem direitos divididos entre Grêmio e Porto, fica por empréstimo até janeiro de 2015

AE, Agência Estado

07 de fevereiro de 2014 | 16h21

SÃO PAULO - Acabou a novela que envolvia a contratação do volante Souza pelo São Paulo. Na tarde desta sexta-feira, o clube não apenas anunciou oficialmente a chegada do jogador, que estava no Grêmio, como também revelou que ele já está regularizado e pode estrear domingo contra a Ponte Preta, em Campinas, pelo Paulistão. De acordo com o São Paulo, Souza, que tem seus direitos federativos presos ao Grêmio, mas os direitos econômicos divididos entre os gaúchos e o Porto, seu clube anterior, vai ficar no Morumbi por empréstimo até janeiro do ano que vem.

"Estou muito feliz, porque estava ansioso com todo o andamento da negociação. Agora, que está tudo concretizado, quero estrear com a camisa do São Paulo e ajudar da melhor maneira possível", afirmou o volante, que era titular no Grêmio e deixou a Libertadores de lado para atuar no clube do Morumbi.

Pelo que afirma Muricy Ramalho, o reforço, de 24 anos, formado pelo Vasco, chega para assumir a posição e deverá ser titular já contra a Ponte Preta. Quem deve deixar a equipe, assim, é Wellington. "O Souza é um grande homem de meio de campo. Estava treinando normalmente e vai jogar. Se nós esperarmos o jogador se adaptar, acabou o campeonato. Não temos tempo para treinar. Se estiver bem, vai jogar. Acreditamos muito nele. Acredito que é um jogador que vai melhorar bastante o nosso time", comentou Muricy.

Até agora o São Paulo só se reforçou com jogadores que chegam para ser titulares. O clube contratou Luis Ricardo (ex-Portuguesa) para a lateral-direita, o uruguaio Alvaro Pereira (ex-Inter de Milão) para a esquerda e o colombiano Pabon (ex-Valencia) para o ataque. O quinto reforço do clube deverá ser Alexandre Pato, envolvido numa troca com Jadson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.