Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Souza elogia treinos aplicados por Milton Cruz: 'Muito intensos'

'As atividades têm sido nos ritmos dos jogos', completa volante

CIRO CAMPOS, Estadão Conteúdo

29 de abril de 2015 | 18h21

Os quatro semanas do interino Milton Cruz no comando do São Paulo renderam ao time 80% de aproveitamento dos pontos, a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores e também uma nova forma de trabalhar. O volante Souza disse nesta quarta-feira que o técnico tem aplicado atividades em ritmo mais intenso, similar ao das partidas, e se preocupado em perguntar a opinião do elenco sobre o andamento.

Para o jogador, Milton Cruz não alterou o comportamento depois de ter assumido o time e manteve o estilo conversador. "Ele continua brincando com a gente, pergunta sobre o treino e tem a humildade de dizer se está legal. Acho legal da parte dele ter esse dinamismo. Está surtindo efeito", afirmou o volante. Segundo Souza, a vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians, pela Libertadores, é a prova da evolução do trabalho.

Em cinco jogos sob o comando do interino, o São Paulo ganhou quatro e perdeu apenas uma vez. "Vencemos fora de casa pela Libertadores, o que o São Paulo não conseguia há oito jogos, e ganhamos do Corinthians com autoridade", comentou. Um dos segredos da boa fase são os treinamentos. "As atividades têm sido bem intensas, praticamente nos ritmos dos jogos, e estamos gostando disso".

O São Paulo tem variado o estilo dos trabalhos nas últimas semanas. A comissão técnica intensificou os treinos físicos e também atividades táticas em campo reduzido, para simular a movimentação de jogo e forçar os jogadores a se desmarcarem para receber a bola. Nesta semana, em que a equipe não tem jogos, alguns dias as atividades têm sido em dois períodos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.