Souza quer revanche contra os mexicanos do Chivas

Após garantir a vaga na semifinais da Libertadores da América, o meia Souza disse que sonha com um reencontro com o Chivas na próxima fase da competição. Para o atleta, o jogo servirá de revanche, uma vez que o clube do Morumbi foi derrotado nos dois confrontos diante dos mexicanos pela fase classificatória. "Eles nos venceram duas vezes (ambas por 2 a 1), mas quero ver mesmo se esse uísque é bom mesmo. Vamos tomá-lo com gelo e apreciar com calma o gosto da vitória", brincou o são-paulino ao lembrar de uma marca deste tipo de bebida. A equipe da América Central decide a sua permanência no torneio nesta quinta-feira, quando irá enfrentar o Vélez Sarsfield, na Argentina - o primeiro jogo terminou empatado sem gols, em Guadalajara (MEX). Souza, no entanto, admitiu que o São Paulo precisa melhor muito para conseguir o tetracampeonato da competição sul-americana. O clube do Morumbi só avançou às semifinais após vitória sobre o Estudiantes por 4 a 3, nos pênaltis - a partida terminou com vitória por 1 a 0 para os brasileiros no tempo regulamentar. "Não estivemos bem hoje. Foram eles que tomaram a iniciativa da partida desde o começo e souberem marcar a nossa saída de bola. Jogamos muito abaixo do que se deve jogar numa Libertadores, temos que melhorar bastante", analisou o jogador. Para ele, o São Paulo não soube superar a forte marcação do rival. "Os argentinos têm uma obediência tática incrível. Eles fizeram duas linhas de quatro marcadores que foi impossível de passar, mas precisamos superar isso".

Agencia Estado,

20 Julho 2006 | 00h59

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.