Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Souza ressalta que Corinthians não é um time invencível

Volante do São Paulo crê em vitória do time no clássico de domingo

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

05 Março 2015 | 20h01

Até agora nenhum tropeço em 2015 foi tão dolorido para o São Paulo como perder na estreia da Copa Libertadores por 2 a 0 para o Corinthians. Às vésperas de rever o rival no domingo, dessa vez pelo Campeonato Paulista, o volante Souza afirmou que a vitória é obrigação e que o adversário não é invencível.

"Eles são uma boa equipe, têm um treinador que conhece o elenco e todos têm muita qualidade. Mas temos chances totais de ganhar no domingo. O Corinthians não é invencível", comentou Souza. No encontro anterior, a superioridade do Corinthians na vitória por 2 a 0 em casa foi tamanha que o São Paulo sequer conseguiu chutar ao gol de Cássio.

A atuação da estreia na Libertadores fez o elenco são-paulino conversar e se organizar para tentar evoluir. O impacto do resultado levou ainda o técnico Muricy Ramalho a não poupar os titulares no jogo seguinte, pelo Campeonato Paulista, para buscar uma vitória confortável capaz de apagar o tropeço na casa do rival.

Embora o São Paulo dispense falar em revanche, admite que ganhar de um adversário tão qualificado será fundamental para dar confiança ao time. O elenco encara que a vitória é obrigação até para dar uma resposta para a torcida pela jogo ruim diante do Corinthians. "Ganhar é obrigação por estarmos jogando na nossa casa. Se vencermos, esse clássico nos coloca em outro patamar como equipe", disse Souza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.