Paulo Fonseca/EFE
Paulo Fonseca/EFE

Souza revela drama pessoal com câncer da mãe e pênalti perdido

Jogador do São Paulo também está abalado pelo corte da seleção

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

14 de maio de 2015 | 17h01

A eliminação na Copa Libertadores foi o último triste capítulo de uma série de infelicidades do volante Souza, do São Paulo. A queda diante do Cruzeiro, no Mineirão, fechou uma sequência ruim para o jogador, que nos últimos dias conviveu com a frustração de ficar fora da Copa América e de ainda saber que a mãe está com câncer.

A lista de baques foi ainda maior. Em Belo Horizonte o são-paulino chutou para fora um dos pênaltis na decisão. O placar final foi de 4 a 3 para o Cruzeiro. "Foi uma semana muito difícil para mim. Esperava no mínimo ser chamado para os sete suplentes da Copa América e não aconteceu. Depois, horas antes do jogo, recebo a notícia que eu já suspeitava, da minha mãe, que está com câncer de útero", contou Souza nesta quinta-feira durante o desembarque do elenco no aeroporto de Congonhas.

O volante passou pelo saguão bastante abatido e com óculos escuros, para disfarçar a tristeza e também a noite mal dormida. Foram somente duas horas de sono. "No jogo nós tentamos dar o melhor, mas acabamos perdendo e eu perdi o pênalti. É uma semana para esquecer", comentou. O volante desperdiçou a terceira cobrança no Mineirão. No tempo normal também deu Cruzeiro: vitória por 1 a 0, com gol de Leandro Damião.


Além da preocupação com a mãe, a tristeza por estar fora da Copa América o pegou de surpresa. O volante esteve presente na última convocação do técnico Dunga antes da lista final para o torneio. Souza participou em março dos amistosos contra a França, em Paris, e o Chile, em Londres, mas agora acabou preterido por Casemiro, do Porto.

O jogador desembarcou na capital paulista com o firme propósito de superar todas as decepções recentes. "Tem que ter um pouco de equilíbrio nesse momento. Recebi apoio dos meus companheiros. Não será um pênalti perdido que vai apagar tudo o que fiz pelo São Paulo. Já passamos por momentos mais difíceis e superamos, não será dessa vez que vai mudar", afirmou.

A próxima partida do São Paulo será já no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Em jogo da segunda, a equipe vai até Campinas enfrentar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli. Na estreia na competição a equipe do Morumbi passou pelo Flamengo, em casa, por 2 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.