Divulgação
Divulgação

Souza treina no São Paulo e deve estrear já como titular contra Ponte Preta

Volante deve ganhar chance graças ao desempenho instável do setor de marcação no meio-campo

Fernando Faro, Agência Estado

07 de fevereiro de 2014 | 19h05

SÃO PAULO - Contratado por empréstimo de uma temporada, Souza finalmente está regularizado na CBF e já treina com os demais companheiros do São Paulo. O volante foi testado em um jogo-treino com atletas das categorias de base e deve ser inclusive titular para o confronto contra a Ponte Preta neste domingo, no Moisés Lucarelli.

O jogador chega com status de titular absoluto graças ao desempenho instável do setor de marcação no meio-campo: Wellington segue em baixa e Maicon oscila bons e maus momentos. Apesar da festa da torcida, ele pede calma para poder se entrosar com os companheiros.

"A adaptação está sendo fácil porque conheço o Douglas e o Ganso da seleção (de base), joguei com o Alvaro (Pereira) no Porto dois anos. Isso me dá tranquilidade para me adaptar bem ao clube. Essa semana não dormi querendo treinar, jogar e estar com o grupo. Eu não chego para resolver a situação, vou precisar da ajuda de todos. Sabemos que o meio é uma função muito importante para a equipe. Juntos temos que chegar no objetivo."

O técnico Muricy Ramalho deve escalar uma equipe mista para o duelo contra a Ponte por estar preocupado com o excesso de jogos de alguns atletas. Como vinha treinando regularmente no Grêmio, Souza está pronto para entrar e jogar e mostra confiança em fazer um bom papel.

"Estou bem. Não joguei pelo Grêmio esse ano por causa da negociação, mas fiz a pré-temporada toda. O que falta é ritmo de jogo, mas isso só jogando e dando sequência. O grupo me recebeu muito bem e as coisas têm sido facilitadas".

GANSO HERDA A 10

Souza usará a camisa 8 que pertencia a Paulo Henrique Ganso. O meia herdou a camisa 10 que era de Jadson, negociado com o Corinthians. "Essa camisa já foi de tantos craques e sinto uma felicidade imensa de poder fazer parte deste time. Meu estilo de jogo é mais clássico, e dizem que um camisa 10 tem que saber jogar dessa forma. Acho que vou conseguir unir o útil ao agradável: o futebol clássico com a camisa 10", comemorou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.