Themba Hadebe/AP - 3/5/2010
Themba Hadebe/AP - 3/5/2010

SP está fora da Copa das Confederações e perde Centro de Imprensa

Decisão foi tomada pela Fifa em conjunto com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira

JAMIL CHADE, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2011 | 10h00

GENEBRA - A Fifa bateu o martelo. São Paulo definitivamente não fará parte da Copa das Confederações, em 2013, torneio que servirá como teste para o Mundial de 2014 no Brasil.

Em reunião realizada nesta sexta-feira na Suíça, a decisão foi tomada em conjunto por dirigentes da Fifa e pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Natal também está fora da competição. As cinco sedes da competição em 2013 serão anunciadas no dia 29 de julho.

A capital paulista também recebeu outra notícia desagradável. Perdeu para o Rio de Janeiro o Centro de Imprensa da Copa. "Posso dizer que foi uma decisão muito difícil. Todas as candidatas mostraram qualidades e mostraram grande comprometimento", explicou o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, após a reunião com Teixeira em Genebra.

A escolha do Rio para receber o IBC é mais uma derrota de São Paulo, que sofre com o atraso nos preparativos para a Copa - principalmente com o estádio. Como a arena corintiana ainda nem começou a ser construída, a cidade corre risco de não receber a abertura do Mundial.

O IBC é parte importante da estrutura de uma Copa, pois reúne a maior parte dos veículos de imprensa que fazem a cobertura do evento e gera as imagens da competição para todo o mundo. No ano passado, por exemplo, o Centro de Imprensa do Mundial da África do Sul concentrou 179 empresas de 70 países diferentes, com mais de 13 mil profissionais trabalhando no local.

No Rio, o IBC será instalado no Riocentro, tradicional centro de convenções do Brasil, que tem um total de 570 mil metros quadrados, dos quais 100 mil são de área construída (possui cinco pavilhões), e um estacionamento com cerca de sete mil vagas. Assim, com mais essa conquista, a cidade vai se transformando na principal sede da Copa do Mundo de 2014.

Aeroportos. A Fifa também avisou nesta sexta que as cidades que não tiverem aeroportos com a infraestrutura adequada não receberão partidas da Copa 2014.

"É crucial que todos os locais que sediarão a Copa tenham infraestrutura adequada, que atenda aos milhares de espectadores e possibilite que eles se movimentem pela cidade para irem a um jogo. Se esse não for o caso, não poderemos sediar jogos nessas cidades", declarou Valcke.

(Atualizado às 10h37 para acréscimo de informações)

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - Jamil Chade informa direto da Suíça

forum BATE PRONTO - Enquete: São Paulo ficará fora da Copa?

som ESTADÃO ESPN - "SP não deve perder direito de sediar Copa de 2014", diz secretário de Esportes

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.