Spartak Moscou demite Laudrup após quatro jogos

O Spartak Moscou anunciou a demissão do técnico dinamarquês Michael Laudrup, depois do péssimo começo de temporada: a equipe conseguiu apenas uma vitória em quatro partidas no Campeonato Russo, e a gota d''água foi a eliminação nas quartas-de-final da Copa da Rússia com uma derrota em casa para o Dínamo de Moscou por 3 a 0.

AE-AP, Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 11h37

"É claro que fico surpreso, mas é como as coisas são no futebol. Quatro ou cinco jogos são muito pouco, mas é asim mesmo", afirmou o técnico, que teve sua demissão justificada por causa de "resultados insatisfatórios". Laudrup estava no clube desde setembro do ano passado, e tinha contrato até o fim de 2009.

Maior jogador da história da Dinamarca, Laudrup será substituído como técnico pelo diretor do clube, Valeri Karpin, ex-meia que se aposentou no ano passado, depois de uma longa passagem pelo futebol espanhol - jogou por Real Sociedad, Valencia e Celta.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRússiaSpartak Moscou

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.