Sport bate Portuguesa e garante vaga

O Sport conquistou, neste sábado, no Estádio da Ilha do Retiro, uma das três últimas vagas para a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série B, após derrotar a Portuguesa por 2 a 0. Mal terminou o jogo, os torcedores do clube pernambucano ganharam as ruas comemorando a suada classificação. Com o resultado, o Sport soma 37 pontos e termina a primeira fase da competição em quarto lugar. Com 30 pontos, a eliminada Portuguesa encerrou sua participação no campeonato na 12ª colocação. Com o resultado, a equipe rubro-negra enfrenta na próxima fase da série B os times do Palmeiras, Brasiliense e Santa Cruz. O primeiro jogo do Sport será contra o Brasiliense, sexta-feira, no Distrito Federal. Ao término da partida, o técnico Hélio dos Anjos afirmou acreditar na classificação do Sport para o quadrangular final do campeonato, quando serão definidos os times que disputarão a Série A do Brasileiro no próximo ano. ?Foi um jogo difícil, mas venceu o bom trabalho que estamos executando. Tenho certeza de que vamos avançar ainda mais", afirmou o treinador. O Sport iniciou a partida pressionando. Adriano Chuva e Cléber subiam com freqüência levando perigo ao gol da Lusa. A impressão era que o Sport abriria logo o placar. Natural, já que o Leão precisava da vitória para passar à próxima fase. Sem muito o que ganhar ou perder em campo, a Portuguesa foi um time apático. Os três pontos de uma eventual vitória não seriam suficientes para botar o clube do Canindé na próxima fase, assim como a derrota não significava risco de rebaixamento. Após a pressão inicial, o Sport continuou atacando, só que sem muita objetividade. A postura do dono da casa em campo permitiu à Portuguesa crescer no jogo e responder às investidas do time pernambucano. A partida seguiu morna até os 41 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Adriano Chuva abriu o placar para o Sport, aproveitando passe de Weldon após boa jogada na intermediária da Portuguesa. Foi o momento mais lúcido do rubro-negro no primeiro tempo. Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo. Aos 14 minutos, Rissut cometeu falta dentro da área apôs perder lance para Adriano Chuva. O pênalti foi batido e convertido por Cléber. O zagueiro da Portuguesa recebeu cartão amarelo por ter cometido a falta. Sentindo-se indisposto por causa de uma conjuntivite, o atacante rubro-negro Adriano Chuva foi substituído por Valdir Papel. Aos 31 minutos, César salva o que seria o terceiro gol pernambucano após subida de Weldon, Nildo e Valdir Papel. O jogo continuou sem muitas emoções até o fim do segundo tempo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.