Sport bate Santo André no duelo dos desesperados

Time pernambucano ganha em casa por 2 a 1, mas os dois times seguem na zona de rebaixamento

Angela Lacerda, Agencia Estado

27 de setembro de 2009 | 20h50

No duelo dos desesperados, o Sport derrotou o Santo André por 2 a 1, na noite deste domingo, na Ilha do Retiro, em Recife. O resultado do jogo, no entanto, não tirou nenhum dos dois times da zona de rebaixamento do Brasileirão.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com a importante vitória em casa, o Sport chegou aos 23 pontos, em 19.º lugar no campeonato, na frente apenas do lanterna Fluminense. Já o Santo André, parado nos 25 pontos, continua na 17.ª colocação, a última da zona de rebaixamento.

Jogando em casa, com apoio da sua torcida, o Sport foi ao ataque desde o começo do jogo. Assim, abriu o placar aos 22 minutos, quando o atacante boliviano Arce aproveitou cruzamento do lateral-esquerdo Dutra para fazer 1 a 0.

O Sport ainda teve chance de ampliar, mas Fininho falhou na conclusão. Aí, o Santo André conseguiu reagir. Aos 34 minutos, Júnior Dutra fez o cruzamento para Rodrigo Fabri cabecear e marcar o gol de empate, assustando a torcida local.

No segundo tempo, porém, o Sport conseguiu marcar o gol da vitória. E ele veio aos 23 minutos, quando o atacante Vandinho se livrou da marcação e chutou da entrada da área: 2 a 1. Depois disso, o Santo André não teve forças para chegar ao empate.

SPORT 2 X 1 SANTO ANDRÉ

Sport - Magrão; Moacir, Igor, César e Dutra (Adriano Pimenta); Andrade, Hamilton, Fininho e Luciano Henrique (Juliano); Arce e Vandinho (Lincom). Técnico: Péricles Chamusca

Santo André - Neneca; Cesinha, Marcel e Gustavo Nery; Rômulo (Leandrinho), Fernando, Júnior Dutra (Osny), Rodrigo Fabri (Eduardo Ratinho) e Ávine; Pablo Escobar e Nunes. Técnico: Sérgio Soares

Gols - Arce, aos 22, e Rodrigo Fabri, aos 34 minutos do primeiro tempo; Vandinho, aos 23 minutos do segundo tempo

Árbitro - Vagner Tardelli Azevedo (SC)

Cartões amarelos - Júnior Dutra, Pablo Escobar, Rodrigo Fabri, Fernando, Gustavo Nery, Fininho, Arce e Igor

Renda - R$ 69.620,00

Público - 17.628 pagantes

Local - Estádio da Ilha do Retiro, em Recife

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.