Sport bate Vitória e sai provisoriamente da lanterna

Equipe pernambucana volta a vencer depois de 10 jogos e deixa a última posição para o Fluminense

MÔNICA BERNARDES, Agencia Estado

22 de agosto de 2009 | 21h09

O Sport quebrou um jejum que já durava dez jogos e venceu o Vitória por 2 a 0, neste sábado, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife. No entanto, nem mesmo o bom resultado contra a equipe baiana, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, deixou os rubro-negros pernambucanos em uma situação mais confortável na competição.  

 

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O Sport, que deixou a lanterna provisoriamente para o Fluminense, subiu para a 19.ª posição, com 16 pontos. O Vitória segue em 10.º lugar, com 28 pontos. Na próxima rodada, o Sport encara o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, e o Vitória joga em casa contra o Cruzeiro.

Logo aos 14 minutos, Andrade cobrou falta para equipe pernambucana da intermediária e abriu o placar em uma falha gritante do goleiro Gléguer. A equipe pernambucana continuou pressionando e, apesar do fechamento da defesa do Vitória, marcou novamente aos 31, novamente em jogada originada de cobrança de falta. Dutra mandou a bola para a área e Fabiano desviou de cabeça para o gol.

No segundo tempo, o Vitória voltou apostando na velocidade na tentativa de recuperar o prejuízo. Mas a pressão dos rubro-negros pernambucanos deu vários sustos na equipe baiana. Um dos maiores foi aos 13 minutos, quando Elder Granja cruzou da direita para Luciano Henrique, que mesmo livre de marcação, perdeu um gol incrível.

Depois disso, o Sport reforçou a parte defensiva. Em um dos únicos lances que levaram perigo ao gol do Sport, aos 24 minutos, Neto Berola ganhou de Durval na corrida, invadiu a área, driblou Magrão, mas não conseguiu completar para o gol.

SPORT 2 X 0 VITÓRIA

Sport - Magrão; Elder Granja (Juliano), Igor, Durval e Dutra; Hamilton, Andrade; Fabiano (Sandro Goiano) e Luciano Henrique; Wílson e Arce (Vandinho). Técnico: Péricles Chamusca

Vitória - Gléguer; Apodi, Wallace, Anderson Martins e Leandro; Vanderson, Magal, Jackson (Ramon) e Leandro Domingues; Adriano (Neto Berola) e Roger (Leandrão). Técnico: Vágner Mancini

Gols - Andrade, aos 14, e Fabiano, aos 31 minutos do primeiro tempo

Cartões amarelos - Fabiano, Durval, Arce e Vandinho (Sport); Wallace, Adriano, Magal, Leandro Domingues e Ramon (Vitória)

Árbitro - Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)

Renda - R$ 67.960,00

Público - 17.064 pagantes

Local - Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.