Sport começa vida nova sem Nelsinho Baptista

Ainda sob o impacto da saída do técnico Nelsinho Baptista, que surpreendentemente pediu demissão na última quinta-feira, o Sport entra em campo neste sábado para enfrentar o Botafogo, a partir das 18h30, no Estádio Engenhão, no Rio. Enquanto o substituto não é contratado, o comando ficará interinamente com Levi Gomes, treinador das categorias de base do clube.

ANGELA LACERDA, Agencia Estado

30 de maio de 2009 | 08h25

Nelsinho ficou 16 meses no cargo, período em que o Sport foi duas vezes campeão estadual e levou o título da Copa do Brasil. O time também conseguiu a classificação inédita para as oitavas de final da Libertadores, mas a eliminação diante do Palmeiras provocou um grande trauma. Para piorar, a situação é bastante difícil no Brasileirão, com apenas um ponto somado em três jogos - com isso, começa a rodada na zona de rebaixamento.

O Sport, portanto, tenta começar vida nova neste sábado, quando também não terá o meia Paulo Baier - o jogador pediu para sair do clube na quinta-feira, alegando que não tinha mais clima para continuar por lá. O técnico Levi Gomes, que veio do Náutico há pouco mais de um mês, já escolheu Fumagalli como o substituto do antigo titular. Além disso, ele terá a volta do zagueiro Durval, que está recuperado de contusão e entra no time.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSport

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.