Sport e Náutico empatam em clássico pernambucano

Empate por 3 a 3 na Ilha do Retiro mantém as duas equipes na zona do rebaixamento do Brasileirão

MÔNICA BERNARDES, Agencia Estado

26 de julho de 2009 | 18h31

Sport e Náutico empataram por 3 a 3 neste domingo, na Ilha do Retiro, num resultado ruim para as duas equipes, que seguem na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro: o Náutico tem 11 pontos, contra 13 do Sport. Os torcedores, no entanto, não podem reclamar de falta de emoção no duelo, que marcou o centenário do clássico. Durante todo o jogo as duas equipes mantiveram um grande equilíbrio, revezando-se no ataque e na defesa, e nem a pressão da torcida rubro-negra proporcionou aos donos da casa mais desenvoltura.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Quem abriu o placar, inclusive, foi o Náutico: depois de várias tentativas, aos 23 minutos Johnny lançou do meio para o atacante Carlinhos Bala, que chutou rasteiro e fez 1 a 0 contra seu ex-clube. Aos 37, foi a vez do Sport deixar tudo igual, com Fabiano, de cabeça, após cobrança de escanteio.

No segundo tempo, os times voltaram dispostos a buscar a vitória e mantiveram o ritmo. Tanto que, logo aos dois minutos, após cruzamento de esquerda, Carlinhos Bala foi derrubado na por Cesar e o árbitro marcou o pênalti, cobrado com perfeição por Gilmar.

Mas a vantagem do Náutico durou pouco: aos 7 minutos, Dutra cobrou falta e Durval, de cabeça, deixou tudo igual mais uma vez. A reação deu novo fôlego ao Sport, que virou aos 22 minutos, com Guto, em nova cabeçada. Mas nem deu muito tempo para comemorar: aos 28, Anderson Santana cruzou da esquerda, o goleiro Magrão falhou e Carlinhos Bala marcou seu segundo gol na partida, definindo o empate por 3 a 3.

SPORT 3 x 3 NÁUTICO

Sport - Magrão; Igor, César e Durval; Elder Granja, Hamilton, Sandro Goiano, Fabiano e Dutra (Bruno Teles); Vandinho e Guto (Fumagalli). Técnico: Émerson Leão.

Náutico - Glédson; Galliardo (Acosta), Vagner Silva, Nílson e Anderson Santana; Dudu Araxá (Douglas Maia), Derley, Johnny e Aílton (Juliano); Carlinhos Bala e Gilmar. Técnico: Geninho.

Gols - Carlinhos Bala, aos 23, e Fabiano, aos 37 minutos do primeiro tempo; Gilmar, aos 2, Durval, aos 7, Guto, aos 22, e Carlinhos Bala, aos 28 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Wagner Tardelli (SC).

Cartão amarelo - César (Sport).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Ilha do Retiro, no Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.