Anderson Stevens/Sport Recife
Anderson Stevens/Sport Recife

Sport e Red Bull Bragantino trocam de treinador, mas mantêm aposta em jovens

Equipes passaram por mudança de comando neste Brasileirão sem trocar o perfil do comandante do elenco

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2020 | 05h00

Enquanto as equipes têm demitido treinadores jovens e apostado outros perfis, o Sport e o Red Bull Bragantino são exceções neste Campeonato Brasileiro da Série A. Mesmo com a troca no comando, os dois clubes fizeram questão de manter o perfil. O time pernambucano é dirigido por Jair Ventura, de 41 anos, e o atual campeão da Série B tem no comando Maurício Barbieri, de 39.

Antes de optar por Ventura, o Sport iniciou a competição com Daniel Paulista, de 38 anos. O clube não abriu mão do perfil por ter a proposta de rejuvenescer vários departamentos. "O Sport passa por uma renovação na diretoria de futebol. Tem pessoas novas e temos buscado treinadores e jogadores jovens também. Para nós a juventude pode ser um caminho", explicou o diretor de futebol, Chico Guerra.

O dirigente admite que a proposta de apostar na juventude traz a vantagem de poder negociar salários menores. A equipe pernambucana explica que por ter um orçamento menor em comparação a alguns concorrentes, precisa fazer um estudo detalhado de qual profissional vai contratar.

766E3C01-53A8-483E-9B06-CCE0C7108013
Não adianta nada você ter dez atacantes e trazer alguém (um treinador) que é mais defensivo. Tem de analisar bem
E0EAB005-9061-4B3D-86B9-AEB61693E313
Chico Guerra, Diretor de futebol do Sport

"Na escolha do Jair, pesou a forma como a gente queria jogar no Brasileirão. Queríamos alguém que tivesse trabalhos bem sucedidos dentro da nossa forma de jogar e em equipes com orçamento apertado, que é o caso do Sport. Não adianta nada você ter dez atacantes e trazer alguém que é mais defensivo. Tem de analisar bem", explicou.

O Red Bull Bragantino tem a juventude entre as principais características. O clube procura trazer jogadores novos e tem feito o mesmo com treinadores. Antes de Barbieri, quem comandava o time no início da temporada era Felipe Conceição, de 41 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.