Williams Aguiar/Sport
Williams Aguiar/Sport

Sport encara decisão contra o Santos e ainda torce contra rivais para não cair

Na 18ª posição com 39 pontos, clube pernambucano precisa bater os paulistas e contar com tropeços de Chapecoense e América-MG

Estadão Conteúdo

02 Dezembro 2018 | 14h15

O Sport faz o jogo da temporada neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Campeonato Brasileiro. Para se manter na primeira divisão nacional, o time do técnico Milton Mendes precisa vencer o Santos no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, e ainda torcer por uma combinação de resultados na 38.ª rodada.

Com 39 pontos, a conta para o Sport se manter na primeira divisão é a mais complexa de todas. Além de vencer o Santos, precisa torcer por uma derrota da Chapecoense, que tem 41, contra o São Paulo, em Chapecó (SC), e que o América-MG, com 40, não vença o Fluminense no Rio de Janeiro. Em caso de empate ou derrota no Recife, o time estará rebaixado para a Série B.

A diretoria espera contar com a presença da torcida e confirmou uma promoção de ingressos com preços populares, a partir de R$ 10. A torcida compareceu em grande número nos últimos jogos e deve repetir a dose. "Mais do que nunca vai ser um jogo emocional, de muita garra e amor à camisa", analisou Milton Mendes.

Do time que assegurou o empate sem gols contra o São Paulo na última segunda-feira, o Sport não vai poder contar com o lateral-direito Cláudio Winck e o volante Jair, suspensos. Milton Mendes já adiantou que Fellipe Bastos e Neto Moura brigam pela vaga no meio de campo e essa deve ser a única indefinição no time titular. Andrigo deve começar improvisado na lateral, função que ele já cumpriu em outras partidas na temporada.

"Minha dúvida entre Fellipe Bastos e Neto Moura é porque ambos são muito bons, ambos estão muito bem e é uma dúvida boa. Mas não é porque um é melhor que o outro ou um faz mais do que o outro. É porque ambos estão muito bem. Confio nos dois. Qual deles entrar eu tenho certeza que será um jogador que irá suprir todas nossas necessidades", comentou Milton Mendes. Ele deve definir o titular apenas minutos antes do jogo. O experiente atacante Hernane, sem marcar há nove jogos, vai continuar na reserva.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.