Sport enfrenta o Corinthians pensando apenas na vitória

Repetir o que deu certo. É esta a aposta que o técnico Péricles Chamusca deve fazer no jogo contra o Corinthians, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante rubro-negro vai reeditar a base da equipe que venceu o rival paulista na final da Copa do Brasil do ano passado.

MÔNICA BERNARDES, Agencia Estado

18 de outubro de 2009 | 08h13

Dos 11 que entraram em campo na decisão de 2008, vencida por 2 a 0, oito ainda continuam no Sport. Apenas o meia Fininho e os atacantes Wilson e Arce - todos já jogaram pelo Corinthians - não estavam no grupo pernambucano na temporada passada.

Com apenas 25 pontos e o ocupando a incômoda 19.ª posição, o Sport não tem espaço para erros e precisa da vitória para manter viva a esperança de luta contra o rebaixamento.

Preocupado com a mudança provocada pela chegada do horário de verão em grande parte do País - no Recife o relógio não muda -, Chamusca fez algumas modificações no plano de treinamentos na busca por uma adaptação rápida. O treino de sexta-feira foi um exemplo. A equipe entrou em campo às 15 horas (horário da partida), com o sol ainda brilhando, para testar o pique em condições semelhantes às que devem ser encontradas na partida.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSport

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.