Sport mostra força em casa e bate Atlético-GO por 3 a 2

Time de Recife conquistou a segunda vitória seguida diante de sua torcida

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2013 | 00h06

RECIFE - O Sport mostrou que a força do estádio da Ilha do Retiro pode ser o diferencial do time para conquistar o retorno à elite do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o time pernambucano venceu o Atlético Goianiense por 3 a 2, no Recife, e conquistou a segunda vitória seguida diante de sua torcida. O jogo foi válido pela 16.ª rodada da Série B.

Este foi a oitava partida do Sport dentro de casa e a sexta vitória. Com o bom aproveitamento, o time segue na terceira posição, com 30 pontos. O Atlético caiu para o 15.º lugar, muito perto da zona de rebaixamento, com 16.

Os donos da casa mostraram a força em seus domínios logo no primeiro minuto. Marcelo Cordeiro fez grande jogada individual, tabelou com Marcos Aurélio e rolou para Felipe Azevedo. Livre, o atacante apenas rolou para o fundo das redes.

Apesar do susto, o Atlético não desanimou com o começo ruim e tentou equilibrar a partida. Pipico apareceu para cabecear dentro da área, aos cinco minutos, e obrigou Magrão a fazer grande defesa. O meia-atacante goiano teve mais uma chance de marcar ao receber livre, mas acabou tentando por cobertura e errou o alvo.

Tranquilo no jogo, o Sport foi mortal em sua segunda subida ao ataque e aumentou aos 19 minutos. Lucas Lima aproveitou passe de Marcos Aurélio e, da marca do pênalti, finalizou para o gol. Com dois gols de desvantagem, o técnico PC Gusmão mexeu no meio de campo atleticano para colocar o time à frente, mas o Sport conseguiu tocar a bola e segurar o resultado.

No segundo tempo, o Atlético voltou mais adiantado e reagiu aos oito minutos. Pipico aproveitou cruzamento pelo lado direito, o setor mais fraco do Sport, e mandou de primeira para o gol. Se segurando na defesa, os donos da casa conseguiram se tranquilizar com o gol de Gabriel Santos, aos 14 minutos, após cruzamento de Marcos Aurélio.

Valente, os visitantes não desistiram e seguiam insistindo em jogadas pelo lado direito. Aos 24 minutos, saiu mais um gol dos goianos. Pipico, desta vez de cabeça, aproveitou cruzamento e recolocou o Atlético na partida. Apesar da insistência do adversário, o Sport conseguiu se fechar bem e garantiu o resultado.

Os dois times voltam a campo no próximo dia 24, um sábado, pela 17.ª rodada. O Sport encara o Paraná, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, às 16h20. No mesmo horário, o Atlético recebe o América-MG, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

SPORT 3 x 2 ATLÉTICO-GO

SPORT - Magrão; Patric, Tobi, Gabriel Santos e Marcelo Cordeiro (Pery); Renan Teixeira, Anderson Pedra, Lucas Lima (Chumaceiro) e Patrik Silva (Camilo); Felipe Azevedo e Marcos Aurélio. Técnico: Marcelo Martelotte.

ATLÉTICO-GO - Márcio; Ednei, Diego Giaretta e Renan Foguinho (Pituca); Rafael Cruz, Marino, Jorginho (Diogo Campos), Ernandes e John Lennon (Bida); Pipico e Anselmo. Técnico: PC Gusmão.

GOLS - Felipe Azevedo, a 1, e Lucas Lima, aos 19 minutos do primeiro tempo; Pipico, aos 8 e aos 24, e Gabriel Santos, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Tobi (Sport); Rafael Cruz, Diogo Campos e Pipico (Atlético-GO).

ÁRBITRO - Vinícius Furlan (SP).

RENDA - R$ 170.975,00.

PÚBLICO - 13.084 pagantes.

LOCAL - Estádio Ilha do Retiro, no Recife (PE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BSportAtlético-GO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.