Arquivo/AE
Arquivo/AE

Sport recebe Colo Colo em busca de liderança na Libertadores

Depois do tetracampeonato pernambucano, time está focado no confronto decisivo desta quarta-feira

Angela Lacerda, Agencia Estado

22 de abril de 2009 | 07h22

Focado exclusivamente na Libertadores, depois de conquistar o tetracampeonato estadual no domingo, o Sport recebe o Colo Colo nesta quarta-feira, a partir das 21h50, na Ilha do Retiro, em busca do primeiro lugar no Grupo 1 e da classificação para a próxima fase da competição. As duas equipes dividem a liderança da chave, com 7 pontos, mas o time chileno leva vantagem no saldo - 4 a 1.

Veja também:

tabela Copa Libertadores - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Por conta da maratona, o time nem sequer teve tempo de comemorar muito o título estadual - os jogadores jantaram juntos no domingo, após o empate com o Náutico, nos Aflitos, e fizeram treinos leves na segunda e na terça-feira. "Comemorar é com a torcida. Fizemos a primeira parte, que foi passar pelo Náutico, e agora esperamos sair felizes novamente na quarta-feira", disse o goleiro Magrão.

O volante Hamilton voltou a ser dúvida. Ele voltou ao time no domingo, contra o Náutico, e saiu do jogo com um edema na coxa esquerda - antes, havia parado por 20 dias por causa de uma contusão na virilha. Andrade é o favorito para ocupar seu lugar. "É preciso ter cuidado. Não podemos liberá-lo para a partida e correr o risco de o Nelsinho Baptista precisar fazer uma alteração logo no início do jogo", explicou o médico Stemberg Vasconcelos.

Uma certeza é a ausência do atacante Wilson, autor do gol do empate contra o Palmeiras por 1 a 1 na semana passada, no Palestra Itália, e que foi expulso em seguida, por tirar a camisa. O garoto Ciro, que foi titular no jogo anterior contra o clube paulista, deve voltar ao time e formar dupla de ataque com Vandinho.

O Colo Colo chega à partida embalado pela vitória por 3 a 1 no clássico contra a Universidad de Chile, o primeiro após a saída do técnico argentino Marcelo Barticciotto, que pediu demissão acusando alguns jogadores de boicote. O paraguaio Gualberto Jara assumiu interinamente o cargo e aposta na boa fase do atacante Lucas Barrios, autor de dois gols no fim de semana. "Sabemos que será difícil, mas esperamos vencer", afirmou Jara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.