Sport Recife derrota Vasco por 2 a 0 na Ilha do Retiro

Para avançar na Copa do Brasil, time de Pernambuco pode perder o 2.º jogo por até um gol de diferença

Agência Estado,

22 de maio de 2008 | 00h16

O Sport derrotou o Vasco por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Estádio da Ilha do Retiro, em Recife, pelas semifinais da Copa do Brasil. Com a boa vitória em casa, o time pernambucano poderá até perder por um gol de diferença no jogo de volta do confronto, na próxima quarta, em São Januário, no Rio. Veja também: Resultados e calendário Apesar da pressão da torcida que lotou a Ilha do Retiro, foi o Vasco quem teve a primeira chance do jogo, quando o meia Morais entrou livre na área, aos quatro minutos, mas chutou muito mal. O ataque vascaíno, no entanto, parou aí. E o Sport passou a dominar a partida. O primeiro gol do Sport saiu aos 14 minutos, quando o lateral-direito Luisinho Netto bateu falta na área e zagueiro Durval cabeceou. A bola ainda bateu no também zagueiro Jorge Luiz, do Vasco, antes de entrar: 1 a 0. A vantagem animou ainda mais o Sport, que foi com tudo ao ataque e conseguiu fazer outro gol. Foi aos 18 minutos, quando o atacante Enílton rolou para o volante Daniel acertar um belo chute, na entrada da área, sem chance de defesa para o goleiro Tiago. O placar de 2 a 0 parece ter diminuído um pouco o ímpeto do Sport, num momento em que chovia bastante na Ilha do Retiro. Enquanto isso, o Vasco não conseguia levar perigo ao gol adversário. Ainda no primeiro tempo, já nos minutos finais, o time pernambucano pressionou bastante em busca do terceiro gol, mas não teve sucesso. O segundo tempo começou com o Sport desperdiçando algumas chances no contra-ataque, enquanto o Vasco não conseguia levar perigo ao goleiro Magrão. Nem mesmo a badalada dupla de ataque vascaína, formada por Edmundo e Leandro Amaral, foi capaz de criar boas jogadas na Ilha do Retiro. Assim, com um ataque inoperante, o Vasco teve sua melhor chance aos 26 minutos, num chute de fora da área de Leandro Bomfim, que assustou o goleiro Magrão. Mas ficou só nisso. Melhor para o Sport, que tratou de segurar a boa vitória por 2 a 0 e garantiu a vantagem para decidir a vaga para a final da Copa do Brasil, semana que vem, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa do BrasilSport RecifeVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.