Sport Recife promete sufocar o Vasco na Ilha do Retiro

Time pernambucano espera pelo apoio da torcida para conseguir a vitória nas semifinais da Copa do Brasil

Agência Estado,

20 de maio de 2008 | 20h27

Sport e Vasco começam a decidir nesta quarta-feira uma das semifinais da Copa do Brasil. O primeiro jogo do confronto acontecerá a partir das 21h50 no Estádio da Ilha do Retiro, em Recife, enquanto a volta está marcada para a próxima semana, em São Januário, no Rio. Veja tambémCalendário e resultados da Copa do Brasil   O título da Copa do Brasil salvaria o primeiro semestre do Vasco, que fez campanha ruim no Campeonato Carioca. Tal conclusão motiva a equipe carioca para tentar conter o ímpeto do Sport, que promete sufocar o adversário neste primeiro jogo do confronto.  A ordem no Vasco é justamente marcar forte, mas sem deixar de atacar. Mesmo porque, na Copa do Brasil o gol fora de casa tem peso duplo no critério de desempate. "Falta muito pouco para a gente alcançar o objetivo e entrar para a história do Vasco", comentou o atacante Leandro Amaral, que tem sido um dos destaques da equipe.  SportMagrão; Luisinho Netto, Igor, Durval e Dutra; Daniel, Sandro Goiano, Romerito e Carlinhos Bala; Enílton e Leandro MachadoTécnico: Nelsinho Batista VascoTiago; Jorge Luiz, Eduardo Luiz e Rodrigo Antônio; Wagner Diniz, Jonílson, Leandro Bomfim, Morais e Madson; Edmundo e Leandro AmaralTécnico: Antônio LopesÁrbitro: Alício Pena Júnior (MG)Estádio: Ilha do Retiro, em RecifeHorário: 21h50A exemplo do zagueiro Jorge Luiz, Leandro Amaral foi poupado do treinamento desta terça-feira, no Estádio dos Aflitos, que pertence ao Náutico, rival do Sport. Ele está com uma bolha na sola do pé esquerda. Já o defensor alegou cansaço muscular. Os dois, no entanto, não são problemas para o duelo desta quarta. "O Vasco vai entregar ainda mais para levar um resultado positivo para o Rio", afirmou Leandro Amaral, certo que a pressão vai ser forte na Ilha do Retiro. "Se a gente buscar o ataque e fizer um gol, essa pressão da torcida pode se virar contra o Sport." O Sport, por outro lado, terá novamente uma escalação ofensiva, para garantir o resultado em seu estádio, como fez nos confrontos anteriores da Copa do Brasil, contra Palmeiras e Inter. Contando com a volta do meia Romerito, após cumprir suspensão, o técnico Nelsinho Batista decidiu manter o time com três atacantes: Carlinhos Bala, Enílton e Leandro Machado. "A movimentação de Carlinhos Bala pode surpreender, já que ataca e volta para marcar constantemente", afirmou Nelsinho Batista, que ainda escolheu o volante Sandro Goiano para ser titular no meio-de-campo, deixando Everton como opção na reserva.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa do BrasilVascoSport Recife

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.