Sport se prepara para mudanças

Os jogadores do Sport se reapresentaram nesta terça-feira ao clube e participaram do primeiro treino depois da derrota para o Palmeiras (2x1), que lhes tirou a possibilidade de voltar à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Enquanto aguardavam resposta ao pedido da direção visando a antecipação do jogo com o Marília para quinta-feira à noite, os atletas já focavam sua atenção para a dança das cadeiras que deverá ter início em breve.Em princípio, a direção do clube tem intenção de ficar com o técnico Hélio dos Anjos, comissão técnica e em torno de 80% do atual elenco de atletas. O treinador nada tem contra sua permanência, desde que entre em acordo sobre salário e se não receber nenhuma proposta mais vantajosa de um outro time. Ele adiantou que não aceitará reduzir seus vencimentos se isto lhe for proposto pela direção do rubro-negro.Em mais uma avaliação sobre o desempenho do Sport na Série B do Brasileiro, o técnico afirmou não ter faltado garra ao Sport, mas resultado. E alertou que o clube vai ter que gastar mais dinheiro para manter em 2004 a qualidade do elenco de 2003. Ele condenou a tática usada por alguns clubes de montar um quadro para disputar o estadual e depois armar praticamente outro time para disputar o Brasileiro. Ao seu ver, esta estratégia sai mais cara e aumenta a bola de neve das dívidas dos clubes.O goleiro Maizena, que teve uma imagem positiva consolidada no campeonato devido a boas atuações, disse que o Sport tem a sua preferência, mas irá conversar com a diretoria no caso de vir a receber uma outra proposta. Ele disse não ter recebido ainda nenhum convite.O zagueiro Gaúcho está fora da próxima partida contra o Marília. Ele sofreu um entorse no tornozelo e não tem condução de entrar em campo - seja quinta-feira ou sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.