Sport/Twitter
Sport/Twitter

Sport supera o Fortaleza em casa e respira na luta contra o rebaixamento

Thiago Neves faz o gol da vitória por 1 a 0 na Ilha do Retiro

Redação, Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2021 | 22h48

Em duelo nordestino para fugir do rebaixamento, o Sport levou a melhor ao vencer o Fortaleza por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro, no Recife, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time pernambucano agora soma 32 pontos, em 14.º lugar, superando o próprio Fortaleza, que continua com 31, em 15.º, e agora há seis jogos sem ganhar.

O time pernambucano quebrou jejum de dois jogos sem vitória, além de se reabilitar da derrota diante do Goiás, por 1 a 0, na rodada anterior. O Fortaleza, que havia segurado o empate sem gols com o Flamengo no compromisso anterior, segue sem achar uma forma de vencer sem o técnico Rogério Ceni.

O Sport atuou sem o meia Lucas Mugni, que não prorrogou seu contrato que venceu dia 31. O técnico Jair Ventura, então, escalou seu time no esquema 4-3-3. Do lado do Fortaleza, dez baixas pela covid-19, alguns titulares, como o zagueiro Jackson. Mas o técnico Marcelo Chamusca preferiu dar moral para quem entrou para buscar pontos.

O Sport iniciou o jogo tomando as iniciativas ofensivas, diante de um Fortaleza mais cauteloso, preocupado em sentir o ritmo de jogo para tentar por em prática a sua estratégia de explorar os contra-ataques. Mas o time pernambucano saiu na frente logo aos nove minutos.

Marquinhos tentou a jogada pela esquerda e fez o passe lateral para Thiago Neves que, da linha da grande área, bateu em curva e colocado. A visão do goleiro Felipe Alves estava encoberta e quando ele saltou, já era tarde para evitar o gol.

O Fortaleza só ameaçou em um lance esporádico, quando Marquinho perdeu a bola na defesa e Gabriel Dias chutou cruzado. Ainda houve um desvio na defesa e a bola saiu tirando tinta da trave direita de Luan Polli, aos 26 minutos.

No segundo tempo era esperada uma ação mais efetiva do Fortaleza no ataque. Mas nem isso aconteceu. O Sport tentou segurar a posse de bola, embora errasse muitos passes. Deu sopa para o azar e quase sofreu o empate aos 22 minutos. Ronald fez o passe para o lado esquerdo, onde Éderson avançou e chutou sem ângulo. A bola entrou, mas o VAR anulou o lance, por impedimento.

Sem alternativas, o técnico Marcelo Chamusca queimou as suas trocas pra dar fôlego ao Fortaleza. Até tentou impor uma pressão na saída de bola, mas não conseguiu. Faltou força e competência.

Os dois times já voltam a campo no sábado à noite. O Sport vai receber o Palmeiras, a partir das 19 horas, enquanto o Fortaleza enfrentará, no Castelão, o Grêmio, a partir das 21h.

FICHA TÉCNICA

SPORT 1 X 0 FORTALEZA

SPORT - Luan Polli; Raul Prata (Rafael Thyere), Iago Maidana, Adryelson e Júnior Tavares; Marcão Silva, Ronaldo Henrique (Betinho) e Thiago Neves (Jonatan Gomez); Patric, Marquinhos (Sander) e Dalberto (Hernane). Técnico: Jair Ventura.

FORTALEZA - Felipe Alves; Gabriel Dias (Igor Torres), Wanderson, Paulão e Carlinhos; Felipe (Derley), Ronald (Bruno Melo) e João Paulo (Éderson); Romarinho, Wellington Paulista e Osvaldo (Yuri César). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOL - Thiago Neves, aos 9 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Raphael Klaus (SP).

CARTÕES AMARELOS - Marcão Silva, Iago Maidana e Ronaldo Henrique (Sport). Bruno Melo (Fortaleza).

LOCAL - Ilha do Retiro, no Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.