Williams Aguiar/Divulgação
Williams Aguiar/Divulgação

No G4, Sport supera o Joinville com dois gols de Maikon Leite

Time pernambucano faz 2 a 1 e confirma ótimo início de competição

LEANDRO SILVEIRA, Estadão Conteúdo

13 de junho de 2015 | 23h05

O Sport segue firme no G4 do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, em partida válida pela sétima rodada, o time contou com dois gols de Maikon Leite para derrotar o lanterna Joinville por 2 a 1, em casa na Ilha do Retiro, confirmando o seu ótimo começo na competição.

O triunfo deste sábado levou o Sport aos 15 pontos, na terceira colocação, ainda que possa ser ultrapassado pela Ponte Preta neste domingo, no complemento da rodada. Já o Joinville é o último colocado do Brasileirão, com apenas um ponto.

O Sport começou melhor o jogo, ainda que o adversário não abdicasse do ataque, e quase abriu o placar em um vacilo do Joinville, aos 11 minutos, quando Guti afastou mal a bola, que sobrou para a Samuel. O atacante tentou encobrir o goleiro Agenor, mas a finalização acabou mesmo indo para a fora.

Mas se o primeiro gol não saiu nesse lance, ele não demorou a acontecer. Aos 16 minutos, Renê, na grande área, acionou Maikon Leite na direita. O atacante chutou cruzado e a bola ainda desviou no caminho para o gol: 1 a 0.

Em desvantagem, o Joinville se lançou mais ao ataque e criou alguns lances perigosos, a maioria deles envolvendo Tiago Luís, sendo que no principal deles, o atacante aproveitou cruzamento de Diego, mas cabeceou nas mãos de Danilo Fernandes.

Só que, mais uma vez, brilhou Maikon Leite. Aos 38 minutos, Rithely lançou o atacante nas costas da defesa do Joinville e chutou forte, sem chance de defesa para Agenor, levando o Sport a fechar o primeiro tempo vencendo por 2 a 0.

Mesmo com o placar favorável, o Sport voltou aceso para o segundo tempo e quase marcou o terceiro logo aos três minutos, quando Durval aproveitou que a defesa do Joinville afastou mal um cabeceio de Diego Souza e finalizou para a defesa de Agenor.

Só que quem atacava mais era mesmo a Chapecoense, que quase marcou um golaço ao seis minutos, com Diego, que recebeu passe na esquerda do ataque, dominou a bola no peito e chutou cruzado, levando Danilo Fernandes a fazer bela defesa. O goleiro voltou a trabalhar aos 13 minutos, quando defendeu um chute rasteiro de Kempes, da entrada da grande área.

A insistência do Joinville acabou sendo premiada com um gol. Aos 33 minutos, Marcelinho Paraíba cobrou falta, que ele mesmo havia sofrido, e acertou o canto direito da meta do Sport, diminuindo a vantagem do time da casa para 2 a 1.

A partir daí, o Joinville se lançou completamente ao ataque, enquanto o Sport apenas se defendia. Danilo Fernandes impediu o empate aos 43 minutos, ao fechar o ângulo numa jogada em que Augusto César invadiu a área após passar por vários marcadores. Assim, apesar do susto, a equipe pernambucana assegurou mais uma vitória no Brasileirão.

O Sport volta a jogar no próximo sábado, quando vai receber o Vasco na Arena Pernambuco. Já o Joinville jogará no dia seguinte, em casa, diante do Goiás.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2 x 1 JOINVILLE

SPORT - Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz (Ewerton Páscoa), Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha, Neto Moura (Danilo) e Diego Souza; Maikon Leite e Samuel (André). Técnico: Eduardo Baptista.

JOINVILLE - Agenor; Mario Sérgio, Dankler, Guti e Diego; Naldo, Anselmo, Augusto César e Willian Popp (Jael); Tiago Luís (Marcelinho Paraíba) e Kempes (Rafael Costa). Técnico: Adilson Batista.

GOLS - Maikon Leite, aos 16 e aos 39 minutos do primeiro tempo; Marcelinho Paraíba, aos 34 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Mario Sergio, Dankler, Guti e Anselmo (Joinville).

RENDA e PÚBLICO - Não divulgados.

ÁRBITRO - Héber Roberto Lopes (Fifa/SC)

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSportJoinville

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.