Rafael Marchante/Reuters
Rafael Marchante/Reuters

Sporting diz não se preocupar com ação do volante Elias na Fifa

Volante reclama de salários atrasados e tenta se desvincular do time de Lisboa

Agência Estado

18 de fevereiro de 2014 | 10h34

LISBOA - O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, mostrou que não está preocupado com o fato de Elias ter anunciado oficialmente na última segunda-feira que entrará com uma nova ação na Fifa contra o clube português para poder rescindir o seu contrato. O volante reclama de salários atrasados e tenta se desvincular do time de Lisboa para poder atuar novamente pelo Flamengo, pelo qual se sagrou campeão da Copa do Brasil no ano passado.

Pai e representante do atleta, Eliseu Trindade disse que tentou de todas as formas encerrar de forma "amigável" a negociação para a volta do Elias ao Flamengo, mas aponta que o Sporting não aceita a proposta do clube carioca e também não acerta a dívida que tem com o jogador. O agente também reclama que o clube português está impedindo a transferência de Elias para possíveis outros times, mesmo admitindo não ter condições de arcar com o alto salário do volante.

Bruno de Carvalho, porém, rebateu as reclamações de forma contundente. "O que tenho lido sobre o Elias é ridículo. O mercado está aberto e mais tarde explicarei aos sportinguistas. Não estou minimamente preocupado. O Sporting já resolveu vários assuntos e em tudo o que é relacionado com jogadores tem de haver vontade de ambos os lados", afirmou o dirigente, em entrevista ao canal de TV português SIC Notícias.

O presidente do Sporting ainda foi além ao deixar claro que o clube português já sabe como se defenderá neste caso, depois de Elias já ter acionado a Fifa contra o clube anteriormente, em janeiro de 2013, e agora retomar a ação na Fifa para poder rescindir o seu contrato. "O Sporting já encontrou soluções, enquanto um determinado clube (Flamengo), o pai/empresário e o próprio jogador decidiram utilizar um estratagema que não deixaremos de denunciar no lugar certo. Se sair sai, senão sair não sai, agora não vamos alinhar em palhaçadas", atacou.

Eliseu Andrade alega que o fundo de investimentos responsável pela aquisição de Elias para o Sporting, junto ao Atlético de Madrid (ex-clube do atleta), aceitou a oferta feita pelo Flamengo. O time português, porém, rejeitou a proposta do time carioca e também uma do Valencia, da Espanha. "O jogador está largado treinando com o time B sem perspectivas. Se não querem negociá-lo, porque não o colocam para jogar? Ele não aguenta mais essa situação e está louco para entrar em campo. Queremos uma solução imediata e não vamos medir esforços", disse o pai do jogador, por meio de nota oficial na última segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.