Stankovic deixa Inter de Milão e se despede da torcida

Meia sérvio estava no clube italiano desde 2004

AE, Agência Estado

06 de julho de 2013 | 12h09

MILÃO - O meia Dejan Staankovic se despediu neste sábado da Inter de Milão e dos seus torcedores. Após nove anos no clube italiano, o sérvio chegou a um acordo com a diretoria para rescindir o seu contrato, que só se encerraria em junho de 2014, pois praticamente não vinha sendo aproveitado - disputou apenas três jogos na última temporada.

"Eu não sei se posso encontrar as palavras certas para dizer adeus e agradecer por tudo que vocês me deram, seu carinho, sua confiança e honestidade comigo", disse. "Os últimos 10 anos foram os melhores da minha vida. Cresci tanto como homem e, com imensa alegria, como um jogador de futebol", completou.

Nos nove anos que defendeu a Inter de Milão, Stankovic conquistou uma Liga dos Campeões, cinco Campeonatos Italianos e quatro Copas da Itália. Na melhor delas, a temporada 2009/2010, teve participação importante na conquista da Tríplice Coroa, com os títulos europeu, italiano e da Copa da Itália, pela equipe dirigida por José Mourinho.

"A ideia de que eu não vou mais vestir a camisa da Inter já traz lágrimas aos meus olhos, mas eu sempre fui franco e as lágrimas são reais. Infelizmente, na vida, chega um momento quando você tem que seguir em frente e olhar para a frente", disse Stankovic, que ainda não tem futuro indefinido.

Aos 34 anos, o jogador sérvio ressaltou que a Inter de Milão está marcada na sua história. "Foi uma honra vestir essas cores e elas vão permanecer sempre na minha pele. Eu nunca vou retirá-las, ninguém pode removê-las".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.