STJ cassa mais uma liminar do Remo

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça, Nilson Naves, cassou nesta segunda-feira a segunda liminar a favor da inclusão do Remo na Série A do Campeonato Brasileiro. O clube também não poderá mais recorrer a órgãos sob a jurisdição do tribunal.A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que havia derrubado, na sexta-feira, liminar a favor do Remo, na Justiça Federal no Rio, entrou com reclamação no STJ contra a decisão tomada pela 4ª Vara Federal de Belém. O juiz paraense Eduardo Cubas garantiu a presença do Remo na competição, na quinta-feira, horas depois de o ministro Nilson Naves, do STJ, cassar liminar idêntica concedida pela 14ª Vara Cível de Belém.A decisão do juiz paraense irritou Nilson Naves. O ministro decidiu impedir que as instâncias inferiores ao STJ entrem novamente no jogo. "Fica vedado qualquer pronunciamento sobre a questão em causa a toda autoridade judiciária cujos atos estejam sujeitos diretamente ao Superior Tribunal Federal", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.