STJD acata denúncia contra clubes e paralisa parte da Série C

Procurador Paulo Schmidtt quer anular a partida entre Toledo-PR e Marcílio Dias-SC por suspeita de armação

AE, Agencia Estado

30 de julho de 2008 | 18h38

O procurador geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmidtt, confirmou que vai pedir a anulação da partida envolvendo Toledo-PR e Marcílio Dias-SC, pela primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro, além de denunciar o jogador Rafinha, do time paranaense. O Tribunal também acatou a ação contra o Sergipe e vai julgar o clube nordestino nesta sexta-feira, podendo excluí-lo da competição. Por causa disso, foram suspensos quatro jogos válidos pela primeira rodada da segunda fase, programada para o final de semana.Rafinha confessou que os jogadores de ambos os times armaram o empate sem gols, que classificaria tanto um quanto o outro (ambos com nove pontos) à segunda fase. O resultado eliminou Inter de Santa Maria, com oito pontos, e Engenheiro Beltrão, com seis pontos, também integrantes do Grupo 15.Esta atitude é contrária ao artigo 275 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que determina a eliminação do elemento ou clube que "proceder de forma atentatória à dignidade do desporto, com o fim de alterar resultado de competição". Além de eventuais punições a outros envolvidos, o mais provável é que seja marcada uma nova partida entre os clubes para definição final do Grupo 15.No outro caso, o Sergipe, que terminou a primeira fase como segundo colocado do Grupo 8, com 10 pontos, foi enquadrado pelo Tribunal no artigo 214 - escalar jogador sem condições legais de jogo. A denúncia partiu do Itabuna-BA, que encerrou a fase uma colocação abaixo, com nove pontos.O time baiano alega que os jogadores Chicão e Jaelson não tinham condições de jogo, pois haviam sido condenados a dois jogos de suspensão e cumpriram somente um. Caso seja punido, o time sergipano perderá seis pontos e a vaga fica com o time baiano.Diante de tantas indefinições, o STJD solicitou ao departamento técnico a suspensão dos jogos envolvendo estes clubes. O pedido foi acolhido à tarde pelo diretor Vergílio Elísio, cancelando os confrontos válidos pelos Grupo 20 Confiança-SE x Vitória da Conquista-BA e Sergipe x ASA-AL, além dos jogos do Grupo 24: Caxias-RS x Toledo-PR e Marcílio Dias-Sc x Brasil-RS.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.