STJD adia julgamento do América-AM na Série D

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) adiou o julgamento do América-AM, denunciado por escalar o volante Amaral de forma irregular, nas quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. A nova data para o caso ser analisado é na sexta-feira, dia 5 de novembro.

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 21h12

A defesa dos amazonenses alegou que não recebeu um documento pedido à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ao saber do fato, o relator Roberto Teixeira propôs que o julgamento fosse adiado. A decisão foi apoiada pelo auditor Rodrigo Fux e pela presidente Renata Quadros.

A defesa do Joinville, clube diretamente interessado no caso, tentou argumentar, pedindo para que a sessão não fosse interrompida, mas a decisão não foi acatada e o julgamento foi adiado. Caso o América-AM seja eliminado, a vaga de acesso à Série C será do time catarinense. Os outros times garantidos são Madureira-RJ, Guarany-CE e Araguaína-TO.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.