Divulgação
Divulgação

STJD admite erro e revoga punição por desligamento do Águia Negra

Clube do Mato Grosso do Sul havia sido punido por débitos registrados equivocadamente

Marcio Dolzan, Agência Estado

30 de janeiro de 2014 | 19h10

RIO - Um dos quatro clubes punidos no dia anterior com o "imediato desligamento" de todas as competições que estivesse disputando devido a débitos junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Águia Negra, do Mato Grosso do Sul, teve sua suspensão revogada nesta quinta-feira. O motivo foi um erro do próprio tribunal, que não havia registrado o pagamento da multa realizado pelo clube ainda em dezembro do ano passado.

Quem confirmou a quitação do débito foi a Federação de Futebol do Mato Grosso do Sul (FFMS), que publicou uma nota em seu site juntamente com o comprovante de pagamento. "O STJD aplicou a pena de impedimento de participação em competições ao Esporte Clube Águia Negra do município de Rio Brilhante. Ocorre que o filiado já havia efetuado o pagamento da multa prevista no processo nº 096/13. O deposito foi feito no dia 03.12.2013 e acusado o recebimento pela Secretária do STJD Srª Adriana Costa Solis. O erro deve ser corrigido nas próximas horas", diz a íntegra da nota. O valor da multa era de R$ 1 mil. Curiosamente, a nota publicada no site da FFMS foi retirada no começo da noite.

Também punidos com o desligamento de competições esportivas na quarta-feira, Macaé (RJ) e CSA (AL) já pagaram seus débitos e tiveram suas sanções revogadas - o time do Rio, portanto, pode enfrentar o Flamengo no domingo, pelo Campeonato Carioca. Enquanto isso, o Ypiranga (AP) segue suspenso pelo STJD.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSTJDÁguia Negra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.