Twitter/Rádio Bandeirantes
Twitter/Rádio Bandeirantes

STJD determina suspensão de um jogo para Felipe Melo e Clayson

Os dois se envolveram em confusão durante clássico entre Corinthians e Palmeiras e terão de cumprir pena no fim de semana

O Estado de S. Paulo

16 Novembro 2017 | 15h22

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou e determinou nesta quinta-feira a punição de uma partida para o atacante Clayson, do Corinthians, e do volante Felipe Melo, do Palmeiras, por protagonizarem uma confusão no intervalo do clássico entre as duas equipes no último dia 5, pelo Campeonato Brasileiro. Os dois terão de desfalcar as duas equipes na rodada do próximo fim de semana, a 36ª da competição.

+ Danilo revela plano de jogar a Libertadores pelo Corinthians

+ Palmeiras e Sport repetem o roteiro de jogo de inauguração da arena

Os dois jogadores tiveram um desentendimento no túnel do vestiário da Arena Corinthians, em Itaquera, depois da vitória alvinegra por 3 a 2. Tanto Felipe Melo quanto Clayson foram punidos dentro do artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de conduta contrária à disciplina ou ética desportiva. A punição aos dois é a mínima prevista pelo texto. A máxima seria de seis jogos.

Apesar da sanção, Felipe Melo está liberado para defender o Palmeiras nesta quinta-feira contra o Sport, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. A punição comecará a valer somente no dia seguinte e, assim, o jogador não poderá entrar em campo na próxima segunda-feira, contra o Avaí, em Florianópolis. Já o corintiano Clayson será baixa no domingo, diante do Flamengo, no Rio.

O julgamento do STJD também avaliou a conduta do atacante Deyverson, do Palmeiras, expulso no clássico por uma cotovelada em Felipe Bastos. Denunciado no artigo que trata de conduta violenta, o jogador escapou de punição que poderá até ser de seis jogos. O palmeirense será apenas advertido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.