STJD julga caso São Caetano na quinta

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai julgar na quinta-feira recurso do São Caetano, que tenta reaver na justiça esportiva os 24 pontos retirados em primeira instância, por suposta responsabilidade na morte do zagueiro Serginho. No mesmo dia, serão julgados novamente o presidente e o médico do clube, Nairo Ferreira e Paulo Forte, respectivamente. O primeiro foi suspenso por 720 dias. O outro, por 1440 dias.A sessão que deve lotar novamente o plenário do STJD está marcada para começar as 17 horas. Como não serão apresentadas provas - o que só é possível na instância anterior -, é provável que o julgamento não demore tanto. Na 1ª Comissão Disciplinar do STJD, semana passada, foram 8 horas e 35 minutos de discussões até o anúncio da sentença. No Tribunal Pleno, vão votar seis auditores, entre os quais o presidente do STJD, Luiz Zveiter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.