STJD julga Fabiano na quarta-feira

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) enviou nesta sexta-feira uma notificação ao América-MG, denunciando o goleiro Fabiano no artigo 228 do Código Brasileiro Disciplinar de Futebol (CBDF) sob a acusação de agressão contra o árbitro Marcos Tadeu Mafra. A pena varia de 60 a 360 dias de suspensão. O STJD marcou ojulgamento para quarta-feira, às 18 horas, pela 3º Comissão Disciplinar. Fabiano agrediu o juiz nos minutos finais da partida entre América-MG e Avaí-SC, pela Série B do Brasileiro, na terça-feira. O time mineiro vencia por 1 a 0 e Mafra assinalou um pênalti. Revoltado, o goleiro o agrediu, sendo retirado de campo pela polícia. O time catarinense desperdiçou a cobrança.

Agencia Estado,

04 de julho de 2003 | 19h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.