STJD libera Cris para atuar em Cáli

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Luiz Zveiter, concedeu efeito suspensivo para que o zagueiro Cris pudesse atuar na partida desta quarta-feira à noite contra o Deportivo Cáli, na Colômbia, pelas oitavas-de-final da Taça Libertadores. Segundo o artigo 56 da Lei Pelé, todas as punições acima de 15 dias são passíveis de efeito suspensivo automático. Cris foi punido com 270 dias de suspensão por ter brigado com o goleiro Eduardo, do Atlético-MG, na final do Campeonato Mineiro, em 18 de abril. Ele também foi condenado por ter atirado um objeto na torcida atleticana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.