STJD mantém decisão e Cruzeiro não perderá pontos

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) confirmou a decisão de não tirar seis pontos do Cruzeiro, nesta quinta-feira, pela escalação do atacante Wellington Paulista na rodada de estreia do Campeonato Mineiro.

AE, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 15h29

Antes do STJD confirmar a decisão, agora definitiva, o clube já havia ganho a causa no Pleno Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais. A procuradoria, no entanto, recorreu e obrigou novo julgamento.

Wellington Paulista foi expulso no segundo jogo da final do Campeonato Mineiro no ano passado. Conforme prevê o artigo 171 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o Cruzeiro converteu a suspensão automática em medida de assistência social. No caso, a doação de cinco cestas básicas. Mas a procuradoria recorreu e pediu a perda de seis pontos.

Em sua defesa nesta quinta-feira, o Cruzeiro citou o caso do zagueiro Rafael Marques, do Grêmio, semelhante ao de Wellington Paulista. O clube gaúcho pôde escalar o jogador, expulso na última partida do Campeonato Gaúcho de 2009, na primeira rodada deste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.