STJD pode pode tirar mando do Atlético-PR

O Atlético-PR corre o risco de não atuar em casa a última partida do Campeonato Brasileiro, domingo, dia 19, contra o Botafogo. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) indiciou o clube por causa de um copo plástico que caiu próximo da árbitra reserva de seu jogo com o São Caetano, no último domingo, na Arena da Baixada. Por causa disso, o clube paranaense foi denunciado com base no Artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) - deixar de tomar providências capazes de prevenir ou reprimir desordens em sua praça de desporto. Na súmula da partida, o árbitro Elvécio Zequetto registrou apenas que durante a comemoração do segundo gol do Atlético, que venceu o São Caetano por 5 a 2, alguém do banco de reservas da equipe da casa "deixou cair" um copo plástico próximo à quarta árbitra. O Botafogo, time de coração do presidente do STJD, Luiz Zveiter, luta contra o rebaixamento à Série B do Brasileiro e pode definir sua situação na partida com o Atlético-PR.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.