Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Para evitar pena ainda menor de Dudu, STJD propôs acordo

Suspensão de 180 dias foi revertida para seis jogos

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2015 | 17h12

A iniciativa para redução da suspensão de Dudu de 180 dias para seis partidas partiu da Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF que temia uma pena ainda menor no julgamento que estava marcado para esta quinta-feira. A afirmação foi feita pelo procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt. 

"Entendemos que seis partidas do Brasileiro mais multa era adequado à infração praticada. E o risco era menor do que enfrentar um julgamento e ter uma pena menor, como foi a do Petros, por exemplo. Ou o que aconteceu ontem no julgamento do atleta do Flamengo [Emerson]”, afirmou o procurador-geral do STJD ao jornal Folha de S.Paulo.

Dudu teve a pena reduzida para seis jogos e pagamento de multa de R$ 50 mil que deverá ser destinada para a associação Médico sem Fronteiras após acordo entre a procuradoria e o departamento jurídico do Palmeiras. Em contato com a reportagem do Estado, o clube informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não iria se manifestar sobre a decisão por se tratar de “procedimento interno”.

Schmitt se mostrou desanimado com a redução da pena. “Fazemos o nosso trabalho pela Procuradoria e os resultados são desanimadores. Um festival de absolvições e advertências, infelizmente. E também há que se considerar a composição do tribunal no dia do julgamento", continuou.

De acordo com a assessoria do Palmeiras, o atacante começa a cumprir a suspensão já a partir desta quarta-feira, contra o Internacional. Em seguida, cumprirá a suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Resumidamente, ele estará suspenso dos jogos contra Figueirense, Fluminense, Grêmio e São Paulo. 

Dudu foi denunciado por agressão ao árbitro Guilherme Ceretta de Lima, na final do Campeonato Paulista, contra o Santos, na Vila Belmiro, em maio. Depois de receber o cartão vermelho, o atleta deu um leve empurrão nas costas do juiz.

Denunciado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, Dudu foi punido com 180 dias. Nos outros dois julgamentos, o departamento jurídico do Verdão tentou desqualificar a denúncia para "ato hostil". Caso o atacante fosse julgado em outro artigo, a punição seria revertida para o número de jogos e seria cumprida somente no Campeonato Paulista do ano que vem.

Nos últimos jogos, Dudu vem fazendo boa parceria com Gabriel Jesus. Os dois foram responsáveis pelos seis gols que a equipe marcou nos últimos três jogos. Em 2015 já marcou dez gols e é o líder do elenco em assistências, com doze.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBrasileirãoPalmeirasDudu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.