JF Dorio/AE - 03/08/2011
JF Dorio/AE - 03/08/2011

STJD reduz pena e Denilson poderá reforçar o São Paulo contra o Ceará

Justiça retira um jogo de gancho do volante, que foi expulso contra o Coritiba, em julho

PAULO GALDIERI, Agência Estado

15 de setembro de 2011 | 16h26

Punido com dois jogos de suspensão por causa de sua expulsão no jogo contra o Coritiba, no último dia 27 de julho, o volante Denilson teve a sua pena reduzida para apenas um jogo nesta quinta-feira e agora tem condições legais de entrar em campo pelo São Paulo contra o Ceará, no próximo sábado, no Morumbi, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele poderá atuar pelo fato de que já cumpriu um duelo da sua punição.

Denilson havia sido punido com duas partidas de suspensão no último dia 10 de agosto, quando a Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) considerou, por maioria de votos, que ele infringiu o artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Na ocasião, ele foi acusado pelo árbitro Antônio Schneider de ter xingado o juiz após fazer uma falta e tomar o cartão amarelo. Em seguida, o atleta acabou expulsou do confronto.

Após o anúncio da punição, o São Paulo obteve um efeito suspensivo junto ao STJD que permitiu ao volante estar em campo contra o Atlético-PR, no Morumbi, no dia 13 de agosto. Agora, o tribunal reduziu a pena após julgar o novo recurso apresentado pelo departamento jurídico do clube do Morumbi.

Denilson, porém, está em fase final de recuperação de um estiramento muscular na coxa esquerda e ainda é dúvida para enfrentar o Ceará. Nesta quinta, ele realizou apenas uma atividade física no CT são-paulino, um dia depois de treinar normalmente com o restante do elenco. Com isso, o técnico Adilson Batista deverá saber apenas nesta sexta se poderá escalar o volante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.