STJD reverte punições a Jonílson e Tiago, do Vasco

Apesar de já terem cumprido suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o goleiro Tiago e o volante Jonílson, do Vasco, tiveram suas punições revertidas nesta quinta-feira após decisão do Tribunal Pleno do STJD. Ao aceitar o recurso do clube carioca, os auditores absolveram o goleiro e reduziram a pena do volante de quatro para dois jogos. Com o resultado, Tiago, que foi absolvido da condenação, ficou com a ficha limpa. As punições são relativas às expulsões dos jogadores vascaínos na derrota por 3 a 1 para o Cruzeiro, no dia 4 de setembro, em São Januário, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. Jonílson respondeu ao artigo 254 (Praticar jogada violenta) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), enquanto Tiago foi denunciado no artigo 250 (Praticar ato desleal ou inconveniente durante a partida).Pela primeira decisão do STJD, no dia 17 de setembro, o volante foi condenado a quatro jogos de suspensão. Já o goleiro recebeu duas partidas de gancho. O Vasco ainda tentou efeito suspensivo para ter a disposição Jonílson, mas não foi aceito pelo presidente do STJD, Rubens Approbato.Os jogadores, no entanto, já cumpriram as suas punições. Eles desfalcaram o time nos confrontos contra Náutico e Palmeiras. Jonílson também ficou de fora nas partidas contra o Ipatinga e o Figueirense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.