Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

STJD suspende Felipe Melo por quatro jogos por expulsão contra o Bahia

Volante do Palmeiras recebe pena por ter sido expulso durante partida pelo Campeonato Brasileiro

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2019 | 12h02

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou nesta sexta-feira uma suspensão de quatro jogos ao volante Felipe Melo, do Palmeiras, por uma jogada na partida contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, no último dia 11. Os auditores do órgão determinaram a pena ao enquadrar o jogador no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata sobre agressão física. O clube vai recorrer. 

Felipe Melo foi expulso na partida contra o Bahia após uma disputa com o atacante Lucca, do Bahia, no fim do primeiro tempo. O árbitro Igor Junio Benevenuto (MG) aplicou o cartão vermelho por entender que o palmeirense usou o cotovelo ao subir para tentar uma cabeçada na bola. Benevenuto relatou na súmula a agressão. "(Foi expulso) por golpear com o braço, o rosto do seu adversário, com o uso de força excessiva, na disputa de bola. O atleta atingido necessitou de atendimento médico", escreveu.

No julgamento, realizado nesta sexta de manhã no Rio, os auditores avaliaram se aplicariam a pena máxima prevista no artigo, 12 jogos. Felipe Melo estava presente e durante o depoimento, negou ter sido maldoso e justificou que o lance foi fruto de uma grande intensidade para disputar a bola. O advogado do Palmeiras fez a defesa na mesma linha e, inclusive, tentou requalificar a denúncia para um artigo menos rigoroso.

Ao fim da votação, Felipe Melo recebeu a punição mais leve prevista no artigo. O jogador já cumpriu uma partida de suspensão automática, ao ser desfalque no empate por 1 a 1 contra o Grêmio, no último sábado. O volante deve cumprir a pena ao não ser escalado nos compromissos contra o Flamengo (no Rio), Goiás (em Goiânia) e Fluminense (no Allianz Parque).

Como a diretoria do Palmeiras promete recorrer, é possível que Felipe Melo atue em alguma dessas partidas sob um efeito suspensivo. A medida serve para interromper a aplicação da pena enquanto um novo julgamento não é realizado. No decorrer dessa espera o jogador pode entrar em campo normalmente pela equipe.

O jogador do Palmeiras também foi expulso recentemente por outra competição. Na última terça-feira, pela Copa Libertadores, Felipe Melo deixou o jogo mais cedo contra o Grêmio, em Porto Alegre, e terá de cumprir a suspensão automática na partida de terça-feira, contra a equipe gaúcha, no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.