Arquivo/AE
Arquivo/AE

STJD suspende técnico do Vasco por 30 dias

Dorival Júnior ofendeu o árbitro André Luis Dias Lopes no jogo contra o São Caetano

Agencia Estado

23 de junho de 2009 | 22h57

O técnico Dorival Júnior foi suspenso por 30 dias, nesta terça-feira, por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O treinador do Vasco foi punido por causa de uma suposta ofensa ao árbitro André Luis Dias Lopes, que apitou a partida contra o São Caetano, no dia 6 de junho, pela Série B do Brasileiro.

Veja também:

tabela Classificação

lista Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

A suposta ofensa causou a expulsão de campo de Dorival no intervalo da partida. Por essa razão, o técnico foi denunciado no artigo 187 do Código Brasileiro Justiça Desportiva, que prevê pena de 180 dias. Os auditores, porém, puniram o treinador com base no artigo 188 - manifestação de forma desrespeitosa contra arbitragem. No julgamento, Dorival negou as ofensas, mas não escapou da suspensão.

Na mesma sessão, o atacante Elton respondeu por jogada violenta na mesma partida. E acabou suspenso por um jogo. O atleta, que recebeu cartão vermelho no jogo, poderá enfrentar o Figueirense no sábado porque já cumpriu suspensão automática no confronto com o Guarani, no dia 13.

Outro vascaíno julgado nesta terça foi o volante Nilton, também denunciado por jogada violenta. Nilton, porém, foi absolvido. Na partida contra o São Caetano, ele levou amarelo após entrada perigosa em Iran.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.