Manu Fernandez/ AP
Manu Fernandez/ AP

Stoichkov ataca Van Gaal e diz que Pedro não deve ir ao United

Craque búlgaro diz que técnico holandês 'destrói' jogadores

Estadão Conteúdo

11 Agosto 2015 | 13h33

Um dos maiores nomes da história do futebol búlgaro, o ex-jogador Hristo Stoichkov atacou o treinador holandês Louis van Gaal, com quem trabalhou por uma temporada no Barcelona. Para o craque, Pedro Rodríguez vai cometer um grande erro se for para o Manchester United, porque encontraria um técnico que "destrói" jogadores.

O hoje técnico do Manchester United, Van Gaal, segundo Stoichkov é um "medíocre" e uma "pessoa má". "Faz os jogadores sofrer", declarou, de Londres, em entrevista à rádio espanhola Onda Cero. "Por que pediu Valdés? Agora o tira do vestiário. É que é uma pessoa má. Olhe os jogadores que ele largou".

Stoichkov se refere aos casos de jogadores como o argentino Angel di María e o colombiano Radamel Falcao García, que deixaram o United após serem pouco aproveitados na última temporada. Valdés, ex-Barcelona, foi outro jogador relegado por Van Gaal, que o acusou de ser pouco profissional por se negar a jogar pelo time B - o goleiro também deve deixar o clube inglês. "Se (Pedro) for para lá, deixa de ser jogador. Não vamos nos lembrar quem é Pedro", disse o búlgaro.

O ex-jogador do Barcelona não esconde o seu carinho por Pedro, que avalia a possibilidade de deixar o clube, pois vem sendo reserva do time, que conta com poderoso trio ofensivo, formado por Lionel Messi, Neymar e Luis Suárez.

"O Barcelona não precisa de dinheiro, não importa que sejam 20, 30 ou 50 milhões. E Pedro é um símbolo do barcelonismo, um cara comprometido, com energia e que luta para ser grande. Eu jamais o venderia", disse Stoichkov.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.