Daniel Kopatsch/EFE
Daniel Kopatsch/EFE

Stuttgart aproveita má fase do Dortmund, vence e sobe no Alemão

Sem Aubameyang, Borussia perde por 2 a 1 fora de casa

Estadão Conteúdo

17 Novembro 2017 | 19h58

Na volta do Campeonato Alemão após a parada para jogos das seleções nacionais em amistosos e repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o Stuttgart recebeu nesta sexta-feira o Borussia Dortmund, pela abertura da 12.ª rodada. Aproveitando a má fase do rival e a ausência de seu craque, o atacante gabonês Aubameyang, o time da casa ganhou por 2 a 1 e subiu na tabela de classificação, se afastando da zona de rebaixamento.

+ Ribery volta a treinar no Bayern após 45 dias de afastamento

Agora com 16 pontos, o Stuttgart subiu para a 11.ª colocação e abriu oito pontos de vantagem para o Freiburg, que está em 16.º lugar e neste momento disputaria uma repescagem contra o terceiro colocado da segunda divisão. O time teve um péssimo início de temporada, mas se recuperou no último mês e está com um viés de alta na competição.

Justamente o contrário acontece com o Borussia Dortmund. Há cinco rodadas sem vencer, a equipe já perdeu a liderança para o Bayern de Munique (26 pontos) e o segundo lugar para o RB Leipzig (22). Em terceiro com 20 pontos, pode ver os rivais abrirem mais vantagem, além de perder até quatro posições dependendo dos resultados de Schalke 04, Hoffenheim, Hannover, Eintracht Frankfurt e Borussia Mönchengladbach ao final desta rodada.

Soma-se o mau futebol apresentado os problemas com o principal jogador do elenco. Aubameyang não foi a campo nesta sexta-feira por "razões disciplinares". O vice-artilheiro do Campeonato Alemão, com 10 gols, chegou a ser relacionado, mas foi retirado do jogo por ter se atrasado no último treino antes da partida, segundo a imprensa alemã.

Em campo, o Borussia Dortmund mostrou a razão de estar em má fase. Logo aos cinco minutos, uma trapalhada enorme da defesa permitiu o primeiro gol do Stuttgart. Com o lance totalmente dominado, o espanhol Bartra estava apenas protegendo a bola para a chegada do goleiro Bürki, mas acabou recuando em vez de apenas esperar. A bola tocou na perna do goleiro e sobrou limpa para Akolo empurrar para o gol vazio.

O Borussia Dortmund conseguiu se recuperar ainda no primeiro tempo. Nos acréscimos, Pavard cortou o passe de Götze com o braço direito dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Zieler defendeu a cobrança de Schürrle, mas Philipp colocou a bola para dentro no rebote.

No segundo tempo, novamente deu tudo errado para a equipe de Dortmund. Aos seis minutos, sofreu o segundo gol. Em um contra-ataque, o croata Brekalo foi lançado na direita, cortou o marcador e bateu de perna esquerda para colocar o Stuttgart na frente. Aí o time da casa se fechou e tentou explorar os contragolpes. Se defendeu bem e ganhou a partida.

Mais conteúdo sobre:
Borussia Dortmund

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.