Suárez, do Liverpool, é suspenso por gesto obsceno

O atacante Luis Suárez, do Liverpool, recebeu mais uma punição por indisciplina nesta quarta-feira. O uruguaio foi suspenso por um jogo por ter feito um gesto obsceno em direção à torcida do Fulham, no Estádio Craven Cottage, no dia 6, em rodada do Campeonato Inglês.

AE, Agência Estado

28 de dezembro de 2011 | 12h25

O atleta, que não pretende recorrer da decisão, foi ainda multado em 20 mil euros (cerca de R$ 48 mil) e recebeu uma advertência em relação a sua conduta por ter mostrado o dedo do meio de sua mão esquerda para a torcida do Fulham. Com efeito imediato, a suspensão deixará o atacante de fora da partida contra o Newcastle, no Estádio Anfield, na sexta-feira.

Deverá ser apenas o primeiro de nove jogos em que o Liverpool ficará sem um dos seus principais jogadores. Na semana passada, Suárez foi punido com gancho de oito partidas por conta de uma acusação de racismo. Ele teria ofendido o lateral Patrice Evra, do Manchester United, no clássico disputado em outubro.

O advogado do atleta já avisou que recorrerá da decisão. Suárez também fora multado em US$ 62 mil (pouco mais de R$ 114 mil). Ele tem até o dia 3 de janeiro para entrar com recurso.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpoolSuarez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.