Daniel Tejedor|AP
Daniel Tejedor|AP

Suárez festeja título e artilharia; Luis Enrique exalta regularidade

Atacante uruguaio terminou o Espanhol com 40 gols

Estadão Conteúdo

14 de maio de 2016 | 17h34

Os jogadores do Barcelona não puderam comemorar o título do Campeonato Espanhol em campo. Logo após o apito final do árbitro, milhares de torcedores invadiram o gramado e fizeram com que os atletas fossem para o vestiário fazer a festa pela sexta conquista nos últimos oito anos.

O bicampeonato com o técnico Luis Enrique veio com dramas de sofrimento na reta final e foi coroada com um vitória de 3 a 0 sobre o Granada, fora de casa. Suárez foi o grande destaque da partida ao marcar três vezes, fechando a competição com nada menos do que 40 gols, na artilharia isolada.

O atacante uruguaio foi peça fundamental para confirmar a taça, especialmente nos últimos cinco jogos, quando balançou a rede por 14 vezes. "Ficou comprovado que fomos merecidamente campeões. Foi sofrido, mas o Barcelona foi feito para ganhar títulos", ressaltou.

Questionado se fez sua melhor temporada, reconheceu que será difícil ao menos superar a média de gols. "Vai ser complicado aumentar isso. Agradeço a todos os meus companheiros pelo trabalho durante o ano. Agora é o momento de comemorar. Primeiro com meus companheiros e com a família. E amanhã com os torcedores que nos apoiaram."

O técnico Luis Enrique destacou o nível de todo o elenco que "se manteve alto durante toda a temporada". "Estivemos durante muitas semanas como líderes, apresentando um bom futebol. Este é um torneio que premia a regularidade. Somando toda a temporada, é um título merecido", comemorou.

O treinador ainda lembrou que o time conseguiu superar momentos delicados durante o ano. "O importante agora é celebrar e pensar na possibilidade de conquistar outros títulos. Mas só o fato de ser campeão por dois anos seguidos nos faz ter o sentimento de dever cumprido", completou.

O zagueiro Piqué relembrou o fato de o clube ter faturado seis dois últimos oito títulos. "Nunca havíamos conseguido um feito como esse". O jogador também comentou sobre o momento da temporada que o Barcelona deixou Real Madrid e Atlético de Madrid encostarem na tabela de classificação e o que foi feito para retomar o caminho até a conquista da taça de campeão. "Tivemos um baque. Mas conseguimos mudar o pessimismo que havia no clube. Somos uma equipe vencedora. Soubemos dar a cartada final", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.