Manu Fernández / AP
Manu Fernández / AP

Suárez marca 2, Messi faz gol 400 no Espanhol e Barcelona bate o Eibar em casa

Time catalão mantém cinco pontos de vantagem para o vice-líder da competição, o Atlético de Madrid

Redação, Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2019 | 18h09

Com belos gols de Suárez e Messi, principais artilheiros do Barcelona nos últimos anos, o time catalão superou o Eibar por 3 a 0, com facilidade, em casa, no Camp Nou, e não deixou, assim, o Atlético de Madrid, vice-líder do torneio, encostar.

Com 43 pontos, o Barcelona é o líder do Campeonato Espanhol e manteve cinco pontos de vantagem em relação ao Atlético, que venceu o Levante por 1 a 0. Já o Eibar está com o alerta ligado pois caiu para a 16ª posição e, com 22 pontos, está a apenas três da zona de rebaixamento.

O Barcelona não precisou ter uma atuação de encher os olhos para chegar à vitória com certa tranquilidade. Diante da fragilidade do adversário, a equipe catalã controlou o jogo e definiu o triunfo quando deixou a preguiça de lado e Messi acelerou, levando o time com ele.

O melhor ataque da competição, com 50 gols anotados, fez mais três com os artilheiros costumeiros. Suárez abriu o placar no início do jogo após tabela com Coutinho, que apesar de passar em branco, teve atuação de destaque e participou ativamente do jogo. O brasileiro deu caneta, chapéu e quase marcou um golaço na etapa final.

No segundo tempo, Messi deixou o dele em chute cruzado e atingiu a marca de 400 gols pelo Barcelona no Campeonato Espanhol. O craque argentino é o maior artilheiro da história da competição. Cristiano Ronaldo tem 311 gols e é o segundo jogador que mais marcou na história do torneio.

Messi também lidera a artilharia desta edição. Marcou 17 vezes, contra 13 de Suárez, vice-artilheiro, que selou o triunfo aos 13 minutos em chute de três dedos na saída do goleiro Riesgo.

O Barcelona agora volta suas atenções para a Copa do Rei, pois na quinta-feira receberá o Levante para o jogo de volta das oitavas de final, sendo que na ida perdeu por a 2 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.